Carlos  15.02.18 18h40
Tem que paralisar todos os órgãos do estado, inclusive as polícias militares e civil, enquanto a revisão geral não for paga em sua integralidade, como previsto na Constituição Federal e Estadual, como já postou o Dr Davi. Não bastasse os servidores terem sido complacentes e aceitado o parcelamento da revisão geral anual, desde que a alíquota da previdência não fosse alterada para 14%, agora o governador pretende aumentar a alíquota e ao mesmo tempo cancelar as parcelas restantes da RGA.
1
0
Ex eleitor  12.02.18 03h15
Ex eleitor, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Amilton  11.02.18 15h32
Exonera os parasitas come e dorme. Vejo muitos aqui cornetando.
27
6
Madson   11.02.18 14h46
Várias obras que a Seduc lançou, no estado estão todas paradas por falta de pagamento, e segundo fontes a maioria das construtoras só estão esperando dar os noventa dias de atraso para desistir das obras, não sei porque estão fazendo as licitações se sabem que não vão dar conta de pagar as construtoras, principalmente obras em alguns assentamentos, mais uma vez não serão concretizadas, podem anotar.
26
2
Marco A Saquetti  11.02.18 14h46
Pedro Taques: Um excelente professor de direito constitucional que tive. O pior governador em que já votei. O melhor exemplo do ditado: faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço. Não tem coragem de assumir a sua incompetência.
47
3
Mauro  11.02.18 14h29
Onde o estado esta quebrado. E lider em produçao agricola. O problema e que gastam demais!!!! Desde o incio o Sr. Governador so reclama e so pensa no passado. Taí um velho ditado quem vive no passado nao consegue viver o Futuro!
30
1
Pedro  11.02.18 14h16
O Estado esta em situacao critica, o que eu nao entendo e que Mato Grosso o governo nao arrecada nada nem tem dinheiro entao declare situacao de emergencia essa mesma historia todo mes.
21
0
Maria Rita  11.02.18 12h27
O POVO VAI ENTENDE QUE TAQUES ESTA FAZENDO O MELHOR, TOMANDO MEDIDAS AMARGAS, MAS QUE DARAO RESULTADO, MERECE SIM SER REELEITO
7
43
Marcia Gomes  11.02.18 12h21
cuidado para o sr nao sair dai desmoralizado... tem tudo para ser secretario da casa civil no governo Mauro Mendes, nao seria melhor pedir pra sair agora???
28
4
Reinaldo Vicente  11.02.18 12h19
Deixaram de lado as reformas fiscal e administrativa! Dobraram o valor da renúncia fiscal! O resultado não poderia ser outro! Superestimaram as receitas, agora tem um rombo de 3 bilhões sem financeiro! Como vão pagar isso? E esse governador ainda quer ser reeleito!
35
2
Ferreira  11.02.18 11h53
Vejo parasitas que mamavam feito abutres elefantes...na teta... Vamos para cima Dr. Galo. Bandido não se cria mais aqui!!!
8
22
Marcia Sa  11.02.18 11h43
Lucidez é tudo secretário, parabéns pela seriedade e espero que o Sr possa agir para melhorar as coisas
9
24
Clara  11.02.18 11h36
Pelo amor de Deus : PEÇAM PRA SAIR!!!!!
30
1
Cesinha   11.02.18 11h18
Excelentíssimo senhor Governador José Pedro Taques!!! É fácil resolver a crise - 1 melhorar os mecanismo de eficiência do gasto público - 2 combater a corrupção no governo - 3 taxar o agronegócio em simbólicos 1% - 4 incentivos fiscais apenas para quem gerar mais de 1000 empregos diretos - 5 - diminuir as alíquotas dos pequenos empreendedores que contratar acima de 20 empregados
28
1
Márcio  11.02.18 11h15
Engraçado o tanto que arrecadam de imposto inclusive do Detran são milhões e a mesma conversa de que o estado não tem dinheiro.... coitado de nois!!!!
32
1
Rodrigo  11.02.18 10h20
Como assim? Estado já quebrou! Tá devendo 3 bilhōes e nã paga nem saúde. Quer dizer que pode piorar?
23
0
Carlos Nunes  11.02.18 10h16
Ih! O negócio vai complicar brevemente, quando tiverem que dar o reajuste salarial dos servidores, aposentados, dos 3 Poderes. Cadê o dinheiro? Isso deve ocorrer lá pra maio. Se não conseguem cobrir a folha em dia, sem aumento, quanto mais com aumento. Esse Governo, desde 2015, não fez gradativamente as Reformas necessárias. Agora neste ano eleitoral fazê-las é contrariar todo mundo...ninguém quer cobrir rombo de Governo, ou quer? Bolso da turma tá vazio pra tampar rombo do Governo. Se taxar os Empresários, o Agronegócio, aumentam os preços dos produtos, pois vão transferir os aumentos pros preços. Quem pagará a conta no final? Nós, os eleitores...NA MARRA, sem choro nem vela. Vai sobrar pra nós.
19
2
Mariano  11.02.18 10h12
Contadores: esse ilustre não sabe o que são contas redutoras da receita. Desconhece os conceitos de receita liquida. Meu deus!
24
2
Andrea  11.02.18 10h10
Reativo, passivo, Cavaleiro do apocalipse e profeta do caos. Totalmente perdidos.
32
3
Neide  11.02.18 09h51
Deixe eu entender. Sao 70 milhoes mensais da divida do estado, certo? 70x12= 840 milhoes. Os caras estao dizendo 1bi e meio 1,5 bi?? Rspazzz aí tem hein!?
33
2
Marcos Alves  11.02.18 07h51
Sr. Secretário. Para o senhor, todos os devedores do estado são sonegadores e vai perseguí-los. O contribuinte não tem o direito de não ter dinheiro para pagar impostos. Mas, o estado tem o direito de não ter dinheiro para pagar seus compromissos com fornecedores? Desta forma, podemos chamá-lo de caloteiro?
49
2
Barreto  11.02.18 00h35
Conversa fiada !! Cadê A reforma administrativa? Taxa o agro ? Porque não resolvem a réu dia fiscal ? Só se já da mais u faz
37
1
Antonio   10.02.18 21h53
Só sabem reclamar. E o discurso é sempre o mesmo: não tem dinheiro. E essa administração ainda quer mais quatro anos ? Não seria a hora de passar para outros ? . Administração Taques vocês precisam entender de uma vez por todas que vocês não deram e não dão conta do recado. FORA.
44
1
Marcio de Natal  10.02.18 21h47
Se o Estado esta quebrado, porque ainda concede incentivos e tbm deveria taxar o agronegócios. Não vamos mexer aonde sai nosso rico dinheirinho da reeleição kkkkk
39
1
Thiago Rodrigo   10.02.18 21h18
Vamos olhar os terceirizados do estado, nas secretarias de saúde, segurança e etc... ridículo os valores de salarios desse pessoal que estão inflando a máquina ( SEM CONCURSO ), tem gente que ganha 5 mil reais e nem efetivado é, fazem maracutaia pra colocar chegados... e mais... de forma IRRESPONSÁVEL! De forma “emergencial”, tem gente querendo trabalhar por valor 1/3 disso...
37
1
Karlos  10.02.18 21h17
Deviam pedir pra sair bando de incompetentes.
35
2