ANDERSON  16.04.18 16h36
QUEM CONHECE A CAPITAL SALVADOR (BA) FICA IMPRESSIONADO DE VER TANTAS GIGANTESCAS PASSARELAS EM LARGAS AVENIDAS...POIS É..É UMA CAPITAL TAMBÉM E EM CUIABÁ EXISTE UMA UNICA PASSARELA NA FERNANDO CORREA QUE DESQUE QUE CHEGUEI EM CUIABA HA 5 ANOS ESTÃO FAZENDO REPORTAGENS SOBRE AS PESSIMAS CONDIÇÕES DA MESMA E AGORA QUE FIZERAM UMAS GAMBIARRAS NELA ATÉ O "PREFEITO APARECEU....
2
0
Leonard  16.04.18 15h19
Art. 301 CTB. Ao condutor de veículo, nos casos de acidentes de trânsito de que resulte vítima, não se imporá a prisão em flagrante, nem se exigirá fiança, se prestar pronto e integral socorro àquela. ..Entretanto optou pelo caminho mais penoso!
14
1
Léo   16.04.18 13h54
Finalmente o judiciário teve a competência de entender que uma vida vale mais do que uma fiança!! Infelizmente mais um ttabalhador que entra na estatística deste trânsito caótico de Cuiabá, onde o poder público se preocupa em instalar radares ao invés de melhorar as vidas, mas não devemos culpá-los apenas, devemos fazer a nossa parte, dirigir com.bastante prudência e paciência. Bebida alcoólica (que também é uma droga) e direção não combinam!!!
18
0
Rogério  16.04.18 10h09
Mais gente vai morrer na Miguel Sutil se não colocar passarelas ou faixas de pedestres elevadas!
35
4
Bianca  16.04.18 09h42
É essa justiça que esperamos. Somos todos iguais. Rico mata e fica por isso mesmo! paga fiança e a vida continua. Juíza justa.
44
1
CLAUDIO  16.04.18 09h10
ESSE TRECHO DA MIGUEL SUTIL, PRECISA URGETEMENTE DE UMA PASSARELA, ASSIM COMO PROXÍMO AO BIG LAR E AO EXTRA SUPERMERCADO. NÃO É A PRIMEIRA VEZ QUE OCORRE ACIDENTE NESTE LOCAL COM VITIMA, MUITAS CRIANÇAS PASSAM ATRAVESSAM NESTE LOCAL E NADA É FEITO.
91
5
Celso luis  16.04.18 07h43
Só espero que não caia no esquecimento está reportagem como o caso da Tenente Isadora que matou aquele soldado bombeiro.
129
8
Suely Machado  15.04.18 23h26
Parabéns à Juiza a sociedade nao esperava outra decisão que não fosse essa, desrespeito total pela vida, não merece continuar a exercer tão nobre profissao.
133
11
Justiça seja feita.  15.04.18 21h01
Justiça seja feita., seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Jonathan  15.04.18 19h38
Quero ver o que o CRM vai fazer a respeito. Corporativismo, a gente se vê por aqui.
241
19
Dimas  15.04.18 19h33
Parabéns a Juíza! Demonstra a seriedade, como o caso deve ser tratado. Estamos falando de uma morte e de uma médica fugiu sem prestar o socorro.
240
10
Fernandes  15.04.18 19h23
Parabéns a notória juíza, vimos nessa atitude que ainda existe no judiciário profissionais que não julgam pessoas por status financeiro!
196
12
Marcos  15.04.18 19h03
Parece que a justiça no Brasil está acordando e tirando a venda!
178
10
DANIEL  15.04.18 19h01
JUSTIÇA EXTREMA É INJUSTIÇA.
33
178
Guerin  15.04.18 18h49
Guerin, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
SérgioLuiz Pereira de Morais   15.04.18 17h29
tem que ficar presa ê assumir as responsabilidades pelo seu ato até porque uma pessoa foi assasinada pelo ato inconsequente da mesma até porque uma pessoa formada em medicina poderia tentar salvar a vida da vítima
161
9
Bastos wb  15.04.18 17h24
Bravo! A justiça fez cumprir a lei.
152
8
Admir Gomes  15.04.18 17h15
Admir Gomes, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
  15.04.18 17h01
Muito triste 😰😰
89
2