ENQUETES

Na sua opinião, qual o principal problema de Mato Grosso?

PUBLICIDADE

/ SUSPEITA DE LATROCÍNIO
Tamanho do texto A- A+

PM da Força Tática é executado a tiros em Várzea Grande

Soldado de 21 anos foi morto a tiros por dois homens, no bairro Mapim

MidiaNews

Clique para ampliar

Devanilson, de 21 anos, era lotado na Força Tática, do 4º BPM de Várzea Grande

DA REDAÇÃO
O soldado PM Devanilson Gonçalves da Cruz, de 21 anos, foi assassinado a tiros, na noite de sexta-feira (19), no bairro Mapim, em Várzea Grande. A suspeita é de latrocínio (roubo seguido de morte).

Segundo as informações, dois rapazes armados com revólveres renderam o militar, fizeram os disparos e, na fuga, levaram a pistola ponto 40 que ele carregava.

O assassinato ocorreu por volta das 20 horas, na Avenida Júlio Campos, em frente a uma loja de material de construção.

Testemunhas disseram que Devanilson estava parado, na frente de uma motocicleta, quando os criminosos chegaram numa motocicleta vermelha.

Ele fizeram três disparos e, em seguida, fugiram em alta velocidade, deixando a motocicleta do PM.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e constatou a morte. O caso foi entregue à DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa), onde o delegado Antônio Esperândio já iniciou as investigações.

Policiais militares que atenderam a ocorrência suspeitam que os ladrões tenham levado a pistola do militar executado porque o coldre dele estava vazio.

“É uma suspeita (de latrocínio), pois não sabemos se ele (Devanilson) estava com a arma ou não naquele momento”, observou um policial.

O fato de os ladrões não terem roubado a motocicleta do PM também chamou a atenção.

Encomenda

Os policiais também não descartam de um crime de encomenda, pois o militar era lotado na Força Tática, do 4º Batalhão da PM, e morava no Jardim Esmeralda, onde a violência é considerada alta. Há grande índice de roubos de motocicletas e, principalmente, da prisão de suspeitos de praticar esses assaltos.

Os colegas do PM disseram que Devanilson havia ingressado recentemente na corporação e era um dos mais atuantes policiais nessa divisão do 4º Batalhão.

O delegado Esperândio deverá ouvir testemunhas do crime na próxima semana.

Caso seja constatado que se trata de um latrocínio, as investigações serão transferidas para a Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Várzea Grande.

Violência contra policiais

Nesta semana, olicias militares de todo o país discutem em Cuiabá uma punição maior para crimes cometidos contra policiais, civis militares, bombeiros, e agentes prisionais.

Durante o 1º Encontro Nacional de Ensino Superior e Pesquisa Policial Militar, que érealizado no Hotel Fazenda Mato Grosso, o presidente do Conselho Nacional dos Comandantes Gerais da PM e BM do Brasil, coronel PM Nazareno Marcineiro, destacou que a violência contra policiais no país é uma situação “preocupante”.

Ele citou o caso de São Paulo, onde, somente neste ano, 76 policiais militares foram assassinados por bandidos, a mando de uma facção criminosa.

Para reverter o quadro, as policiais estão promovendo, em todo Brasil, uma Petição Pública (abaixo-assinado) para considerar crimes hediondos, devendo ter suas penas aumentadas ou mesmo dobradas, os crimes praticados contra servidor público que atua na segurança.

São os casos de trabalhadores da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Ferroviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpos de Bombeiros Militar, incluindo também Guardas Municipais; Ministério Público, Defensoria Pública, Poder Judiciário e agentes do Sistema Penitenciário, dentro ou fora do serviço.



Clique aqui e faça seu comentário

11 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Digite o código:
(Somente números)
CAPTCHA ImageRecarregar imagem
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

thaila katina meireles  17.01.13 16h20
thaila katina meireles, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
FLÁVIO MARTINS LEITE  22.10.12 01h20
JA PASSOU DA HORA DE O PAIS CRIAREM LEIS MAS RIGIDAS PRINCIPALMENTE CONTRA MENORES INFRATORES.......E UMA MAIOR VALORAÇÃO PARA OS PMS DO BRASIL E SÃO MOUITO DESVALORIZADOS!11
13
1
lucio  20.10.12 18h51
lucio, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
gilmar  20.10.12 14h38
gilmar, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
luiz   20.10.12 14h23
luiz , seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas

Leia mais notícias sobre :

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2014 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados