ENQUETES

Qual sua expectativa em relação ao Governo Pedro Taques?

PUBLICIDADE

Tamanho do texto A- A+

Caso Filadelfo

Delegado é acusado de fraudar inquérito

DA REDAÇÃO
O delegado Carlos Américo Marchi, da Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande, que presidiu o inquérito policial que resultou na prisão do empresário Fildelfo dos Reis Dias, foi representado junto ao Ministério Público Estadual (MPE) pela suposta prática de crime de falsidade ideológica e ato de improbidade administrativa. A representação foi feita pelos advogados Paulo Lessa, Huendel Rolim, Ulisses Rabaneda e Murilo Silva Freire, que respondem pela defesa do empresário. O documento foi dirigido ao procurador-geral de Justiça, Paulo Prado.

Filadelfo foi indiciado pelo crime de roubo seguido de tentativa de homicídio. Ele foi acusado pela Polícia de ter sido o mandante da tentativa de assassinato de um ex-sócio, em Várzea Grande, ocorrido no ano passado. O empresário, que chegou a ser preso, foi solto por decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que considerou a prisão arbitrária.

Leia AQUI a íntegra da reportagem do site Isso É Notícia.



Clique aqui e faça seu comentário

0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Digite o código:
(Somente números)
CAPTCHA ImageRecarregar imagem
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Leia mais notícias sobre :

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2014 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados