Enquete

Você está satisfeito com as obras da Copa?

Sim

Não

Mais ou menos

  • parcial
  • votar

Publicidade

Publicidade

/ CANTOR BAIANO
Tamanho do texto A- A+

Anabolizantes podem ter complicado saúde de Netinho

Fantástico mostrou bastidores do drama do cantor

DO G1

Médicos que atenderam o cantor Netinho em Salvador acreditam que ele possa ter feito uso de anabolizantes, como mostrou o Fantástico deste domingo (12). A droga é usada para ganho de massa muscular e pode causar problemas hepáticos. Procurada pela reportagem, a família do cantor não quis comentar o assunto.

“É provável que tenha havido uso de algum medicamento que inclusive já havia sido prescrito pra ele pra estimular o crescimento muscular, como hormônios anabolizantes. Várias substâncias que são utilizadas para a fisicultura como nós dizemos. E eventualmente algumas que são utilizadas também supostamente para reverter ou deter o envelhecimento. Nós temos prescrições médicas, de médicos fora da Bahia, que foram prescritas diversos medicamentos desse tipo pra ele”, garante o cirurgião Jorge Bastos.

De acordo com o úlitmo boletim médico, divulgado na tarde deste domingo (12), Netinho apresentou melhora clínica e laboratorial, respira sem a ajuda de aparelhos e tem estado de consciência conservada.

O drama de Netinho teve início em abril, em Salvador. Ele sentiu uma dor forte na coxa direita durante seu treino numa academia. Ele procurou a emergência de um hospital no dia 18 de abril. Depois de uma série exames, os médicos constataram uma lesão incomum: o rompimento do músculo ilíaco.

Para tentar entender o que estava acontecendo, Jackson Noya, médico de Netinho há sete anos, decidiu fazer mais exames. Numa ressonância da área do abdômen, a descoberta: alterações no fígado. “Havia sinais de um problema hepático que foi descoberto de uma forma incidental”, explica Jorge Bastos, cirurgião de Netinho.

Os médicos realizaram uma biópsia hepática. Orientado por imagens de tomografia, o médico insere uma agulha e perfura o fígado até onde está a lesão. Dali, retira um pedaço, uma amostra.

Depois que o procedimento termina, é normal acontecer um pequeno sangramento. É o que explica um especialista Flair Carrilho, Universidade de São Paulo, em entrevista ao Fantástico. “Qualquer biópsia no fígado é um método que é minimamente invasivo. Você está introduzindo uma agulha num órgão que é esponjoso e rico em sangue.”

“Ele fez a biópsia, e nas primeiras horas não teve problema algum”, relata Jorge Bastos. “Ele estava muito bem. Eu mesmo o avaliei, estava com os dados vitais perfeitos”, complementa Jackson Noya.

O cantor foi mantido em observação por mais 24 horas. Na noite de 23 de abril, teve alta e voltou para casa. Mas horas depois, ao sentir muitas dores no abdômen, precisou voltar ao hospital.“Comprovou-se que havia realmente um sangramento dessa área que foi biopsiada. Alguma coisa aconteceu que motivou esse sangramento tanto tempo depois”, afirma Jorge Bastos.

Em geral, quando há um sangramento em decorrência da biópsia, o próprio fígado estanca esse sangue. É uma defesa natural do corpo. Mas não foi o caso de Netinho. Uma hemorragia muitas horas depois da biópsia, um rompimento muscular raro dias antes. Os médicos começaram a suspeitar de que poderia haver uma causa única que estava provocando todos esses problemas.

“É provável que tenha havido uso de algum medicamento que inclusive já havia sido prescrito pra ele pra estimular o crescimento muscular, como hormônios anabolizantes. Várias substâncias que são utilizadas para a fisicultura como nós dizemos. E eventualmente algumas que são utilizadas também supostamente para reverter ou deter o envelhecimento. Nós temos prescrições médicas, de médicos fora da Bahia, que foram prescritas diversos medicamentos desse tipo pra ele”, garante Jorge Bastos.

Esteróides e anabolizantes, usados para enrijecer a musculatura. Remédios anti-envelhecimento, que incluem hormônios como a testosterona e a progesterona, e o GH, o hormônio do crescimento. O uso dessas substâncias com fins estéticos é proibido pelo Conselho Federal de Medicina. “Essas drogas podem produzir dilatações no sistema muscular do nosso fígado.”, explica Flair Carrilho, professor da USP.

Esse coquetel tóxico, segundo os médicos, fez com que os vasos do fígado de Netinho se dilatassem. As substâncias também dissolvem os coágulos que ajudam a estancar o sangue. Com isso, ocorrem hemorragias. A equipe médica do Hospital de Salvador diz que soube do uso do coquetel só depois da complicação na biópsia. “Nós não tivemos todas as informações necessárias para alguns procedimentos e possíveis precauções de procedimentos imediatos”, revela Jackson Noya.

O Fantástico procurou a família do cantor, mas ninguém quis comentar o assunto. A hemorragia foi estancada. Netinho se recuperava bem e ia receber alta. Mas, na madrugada do dia 5 de maio, voltou a sentir dores.

Os médicos resolveram fazer uma cirurgia e encontraram muito sangue na região abdominal. E uma infecção provocada por duas bactérias que saíram do intestino e foram para o fígado.
Foi feita uma limpeza da região abdominal. Ele foi para a UTI. Segundo os médicos baianos, seu estado era grave, mas estável. Até que, na última quinta-feira, a família decidiu transferir o cantor para um hospital em São Paulo.

O cantor Netinho está sendo tratado pela equipe do Doutor Roberto Kalil Filho. “Ele apresenta uma melhora discreta do quadro. Então, a equipe médica, com todo o cuidado, está bastante otimista. Não há nenhuma previsão neste momento de ele sair da UTI”, diz o médico Roberto Kalil Filho.

Neste domingo, uma das irmãs do cantor o visitou no hospital. “Ele está reagindo bem, já sorriu. E ele sabe sorrir com os olhos também, tudo que a gente pergunta ele responde com os olhos”, conta a irmã de Netinho, Claudia.

Amigos do cantor estão torcendo pela melhora. Querem vê-lo de volta aos palcos, onde Netinho pisou pela primeira vez em 1986, com a Banda Beijo. Em 1993, partiu para carreira solo.Três anos depois, rodou o Brasil cantando seu maior sucesso: “Mila”.

Em 2010, numa entrevista polêmica ao Fantástico, Netinho revelou que era bissexual. No ano passado, lançou sua música mais recente, uma mistura de funk, arrocha e axé.Netinho está concluindo a gravação de um novo álbum. "Tô te esperando aqui pra gente terminar nossa música, fique bom logo e vamos arrasar”, diz a cantora Claudia Leite.

“Que ele se recupere logo, que volte aos palcos, que ele leve alegria que sempre levou pro Brasil inteiro”, diz Manno Góes.“Que a gente não perca de vista a fé, que ele cantou em tantas canções. Podia cantar Gil pra ele. Andar com fé eu vou, porque a fé não costuma falhar”, diz Daniela Mercury.






1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Digite o código:
(Somente números)
CAPTCHA ImageRecarregar imagem
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

malene rza santos  03.08.13 14h33
tambem estou com todos os fans torcendo p/a quee netinho recupere logo e volte aos palcos
0
0

Leia mais notícias sobre :

Publicidade

Publicidade

Publicidade

1999-2014 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados