Enquete

Na sua opinião, o TSE deve aprovar a candidatura de Riva ao Governo?

Não

Sim

Tanto faz

  • parcial
  • votar

Publicidade

Publicidade

/ A COPA EM CUIABÁ
Tamanho do texto A- A+

Atraso em obra de reforma do aeroporto é de 120 dias

Relatório do TCE aponta que 22,5% dos trabalhos no terminal já foram concluídos

Edson Rodrigues/Secopa

Clique para ampliar

Ampliação do aeroporto: 50% já deveriam estar prontos, segundo relatório do TCE

LISLAINE DOS ANJOS
DA REDAÇÃO

Todas as frentes de obra para reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, já foram iniciadas, mas o ritmo precisa ser acelerado, segundo o relatório de avaliação do andamento das obras da Copa do Mundo elaborado pelo Tribunal de Contas (TCE).

O documento, que tem como referência a data de 31 de julho deste ano, aponta que 22,5% da obra já haviam sido concluídos – o que está aquém do previsto pelo cronograma, que previa que metade da obra (50,38%) já estariam prontos.

O atraso no canteiro de obras varia de 90 a 120 dias, segundo o TCE. O prazo de entrega, porém, continua o mesmo até o momento: 8 de março de 2014.

Em entrevista recente ao MidiaNews, o secretário da Copa, Maurício Guimarães, afirmou que a obra tem duas fases: a etapa de ampliação dos terminais de passageiros, com entrega prevista para dezembro deste ano; e a finalização das reformas da ala em uso hoje e do estacionamento.

“O aeroporto estará 100% concluído em março. Mas, 85% da estrutura estarão prontas em dezembro deste ano”, afirmou.

Segundo informações da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa), de forma simultânea, estão em andamento as obras das vias de acesso ao aeroporto, demolição do antigo setor de desembarque e ampliação do estacionamento.

Além disso, também estão sendo feitas a instalação de estruturas metálicas do terminal de passageiros e a construção da casa de força, da central de água gelada para ampliação do sistema de ar condicionado e da via de acesso à nova estação de tratamento de esgoto.

Edson Rodrigues/Secopa

Ampliação e reforma do aeroporto são essenciais para a Copa do Mundo de 2014

A obra


Sob responsabilidade do Consórcio Marechal Rondon - formado pelas empresas Engeglobal, Farol Empreendimentos e Multimetal Engenharia - e orçada em R$ 77,2 milhões, as obras de reforma e ampliação do aeroporto constam na Matriz de Responsabilidades assinada pelo Governo do Estado com a Federação Internacional de Futebol (Fifa), sendo essencial para a realização do Mundial em Cuiabá.

O projeto prevê que a área construída deverá passar dos atuais 5.460 m² para 13.200 m². A capacidade também subirá de 2,5 milhões para 5,7 milhões de passageiros ao ano, oferecendo melhor estrutura e segurança durante a Copa de 2014.

As intervenções no aeroporto abrangem a reforma e ampliação do terminal de passageiros (A, B e C), incluindo instalação de pontes de embarque; reforma e adequação da via de serviço do lado-ar do aeroporto, nova sinalização horizontal do pátio da aeronave; reforma, adequação e ampliação do sistema rodoviário interno do aeroporto; reforma, adequação e ampliação do estacionamento do terminal de passageiros; ampliação da Central de Utilidades; nova área de equipamentos de rampa, no lado-ar do aeroporto; ampliação dos sistemas de infraestrutura básica (redes de energia elétrica, água, esgotos sanitários, águas pluviais e telecomunicações); e construção do estacionamento do novo prédio administrativo da Infraero.

No ano passado, foi entregue o Módulo Operacional Provisório (MOP) para desembarque dos passageiros do aeroporto, que foi a primeira etapa da ampliação do aeroporto e o prédio administrativo da Infraero (2ª etapa da ampliação).






9 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Digite o código:
(Somente números)
CAPTCHA ImageRecarregar imagem
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Eduardo Moki  21.09.13 23h08
Coitada da construtora!! Ser fiscalizado por quem menos conhece de engenharia é a parte mais dificil!!
1
0
Igor  19.09.13 11h16
De que adianta aumentar a capacidade de passageiros, se a pista do aeroporto continua igual? não adianta colocar 5 milhões e ter a capacidade pra 10 aviões. a melhoria tem que ser geral, tanto externa quanto internamente. melhorar as vias de acesso, melhorar a pista, melhorar a QUALIDADE que sempre está em falta!
5
0
Giovana Dias  19.09.13 01h13
Essa não é aquela empresa que teve que refazer o asfalto próximo ao shopping? Sou leiga, mas aeroporto deve ser mais difícil de refazer não?!
6
1
cassio  18.09.13 09h35
É visivel que o estacionamento em atividade prejudica o andamento das obras. Caracas, tire aquilo logo dali.
8
1
Eustáquio  18.09.13 08h55
Já consigo até prever as cenas dos próximos capítulos: Quando faltar um mês para começar a copa, o governo vai autorizar em caráter emergencial a construção de um barraco no lugar do aeroporto, outros nos COTs, serão levantados algumas placas dizendo que tudo foi construído em tempo hábil, a FIFA aprova, toma mais dinheiro do povo e todo mundo fica feliz no final. Torcendo para que nada desmorone na cabeça do povo, afinal brasileiro não desiste nunca!
14
2

Leia mais notícias sobre :

Publicidade

Publicidade

Publicidade

1999-2014 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados