ENQUETES

Qual sua expectativa em relação ao Governo Pedro Taques?

PUBLICIDADE

/ ASSASSINATO EM VG
Tamanho do texto A- A+

Polícia investiga execução de ex-segurança de senador

Major PM Gasparetto foi morto a tiros, na porta de casa, em Várzea Grande

Divulgação

Clique para ampliar

Major da PM, Claudemir Gaspareto foi executado a tiros, na noite de terça-feira, em VG

ADILSON ROSA
DA REDAÇAO
A delegada Sílvia Pauluzi, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pelas investigações do assassinato do major PM Claudemir Gaspareto, acredita que o depoimento da família poderá levar aos esclarecimentos dos fatos.

Ela deverá marcar os depoimentos já para os próximos dias. Em estado de choque, os familiares estão na casa de parentes.

O major foi executado na noite de terça-feira (18), na frente da sua casa, no bairro Planalto Ipiranga, em Várzea Grande. Ele era segurança do ex-governador e senador Blairo Maggi (PR).

Ao Midianews, a delegada informou que se o oficial da PM estava sofrendo ameaças ou algo que possa explicar o crime, somente a família poderá dizer.

“Não tivemos oportunidade de falar com a família, pois todos estão emocionados. São depoimentos importantes e esclarecedores, como ocorre na maior parte dos homicídios”, acrescentou.

Como as características são de um crime de pistolagem, os policiais acreditam que a execução do oficial tenha tido um “motivo forte”, uma vez que o assassinato mostrou “grau de complexidade”.

Gasparetto trabalhou oito anos na Casa Militar, até se aposentar em 2011, após 28 anos de serviços prestados na corporação.

Há três anos, em fevereiro de 2011, o oficial da PM teve sua casa invadida por três suspeitos de roubos e um deles morreu no confronto - Djon Roberrt Luna de Carvalho, então com 24 anos.

Os policiais descartam um acerto de contas envolvendo essa tentativa de roubo.

“Foi uma execução com muita sofisticação para estar ligado a uma reação a um assalto e, ainda por cima, na própria casa da vítima”, disse um policial que preferiu não se identificar.

O crime

O major Gasparetto foi executado com cinco tiros de pistolas ponto 40 e 9 milímetros, quando chegava em sua residência.

De acordo com informações da PM, dois homens num veículo Ford/Ecosport bateram atrás do carro do major, no momento em que ele para na porta de casa.

Em seguida, os assassinos desceram do carro e atiraram contra o carro do militar, que chegou a ser encaminhado ao Pronto-Socorro Municipal, mas não resistiu aos ferimentos.


Leia mais sobre o assunto:

Major da PM é executado com cinco tiros em Várzea Grande



Clique aqui e faça seu comentário

3 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Digite o código:
(Somente números)
CAPTCHA ImageRecarregar imagem
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

JOAO JOSE  22.02.14 08h58
Morrendo policiais,os turista,vao se arrepende de vim a mt,nunca mais eles vem, pq nao vai ter segurança, nao sei pq o secretario fica mintindo,pq ate forma esses novos soldados, ainda vai demora 9 meses,ai fika falando q vai interrompe ferias e licenças premia dos policias,entao pq nao contratou policias no começo do ano passado.mt sem segurança total.
4
0
Brito  19.02.14 09h45
Isto por que o nosso secretario de segurança publica disse que já estamos preparados para a copa. Imaginem se não estivessemos.
61
1
RSANTOS  19.02.14 08h32
Um estado sem segurança, onde os criminosos estão mandando e desmandado,, um comando de policiamento,, onde não tem voz de comando,, não é respeitado pelas tropas, o efetivo supre reduzido no período noturno,, não é de se espera nada mais do que isso,,,O QUE TA FALTANDO NA SEGURANÇA PUBLICA,,, E UM COMANDANTE QUE SEJA REISPEITADO PELA CORPORAÇÃO E UM EFETIVO CONDIZENTE COM A REALIDADE..
87
7

Leia mais notícias sobre :

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2014 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados