ENQUETES

Qual sua expectativa em relação ao Governo Pedro Taques?

PUBLICIDADE

/ LUTO
Tamanho do texto A- A+

Morre Dulce Figueiredo, a última primeira-dama do regime militar

Segundo a família, ela enfrentava um câncer; corpo está em hospital e velório ainda não foi marcado

Jorge Araújo/Folhapress

Clique para ampliar

Dulce Figueiredo recebe a bandeira brasileira durante o enterro do ex-presidente João Figueiredo.

IG

Morreu no fim da tarde desta segunda-feira (6), no Rio de Janeiro, a última primeira-dama do regime militar, Dulce Figueiredo, mulher do ex-presidente João Baptista Figueiredo. Aos 83 anos, ela enfrentava um câncer. A informação é de um familiar, que pede para não ter o nome divulgado por enquanto. Ela foi primeira-dama do País entre os anos de 1979 e 1985.

Segundo ele, dona Dulce, como ficou conhecida, estava internada em um hospital, onde faleceu por volta das 18h. “Ainda não tenho muitos detalhes e a família não gostaria de falar neste momento”, disse o familiar.

Informações sobre velório e enterro também não foram divulgadas. Segundo o familiar de dona Dulce tudo indica que ela será enterrada no mausoléu da família, no cemitério São Francisco Xavier, no Caju.

Dona Dulce e João Batista se conheceram na Tijuca e casaram-se em 1942. Tiveram dois filhos.

O ex-presidente João Baptista Figueiredo morreu 1999, aos 81 anos, de parada cardíaca, consequência de uma crise renal. Por determinação de dona Dulce, o velório foi realizado no apartamento do casal, no condomínio Praia Guinle, em São Conrado, na zona sul do Rio. Ele foi o 30º presidente do Brasil.

 




Clique aqui e faça seu comentário

1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Digite o código:
(Somente números)
CAPTCHA ImageRecarregar imagem
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Julio José de Campos  07.06.11 07h07
Envio aos seus filhos Paulo e Jonhy Figueiredo,e aos seus netos,os mais sinceros votos de pesar pelo falecimento de Dº Dulce, mulher simples,simpatica,extorvertida,que sempre recebeu a mim e a Isabel,com muito carinho la no Palácio do Alvorada e na Granja do Torto,quando no exercicio das funções de primeira dama do Brasil,durante o Governo honrado do Presidente João Figueiredo(1979-1985).Que Deus a tenha em bom lugar.
0
0

Leia mais notícias sobre :

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2014 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados