ENQUETES

Como você vai gastar seu 13º salário?

PUBLICIDADE

Cotidiano / OPERAÇÃO ARARATH
20.05.2014 | 10h25
Tamanho do texto A- A+

Ministério Público Estadual também seria alvo de operação da PF

Agentes cumprem mandados de busca e apreensão na sede do Gaeco

MidiaNews

Clique para ampliar

Sede do Ministério Público Estadual, que foi alvo de operação da PF

LAÍCE SOUZA
DO MIDIAJUR
O Ministério Público Estadual (MPE) também teria sido alvo de mandados de busca e apreensão da Polícia Federal, durante mais uma fase da Operação Ararath, na manhã desta terça-feira (20).

Os agentes da PF teriam apreendido documentos sobre operações que seriam da alçada federal, mas que estariam sendo executadas pelo MPE.

Segundo as informações, entre os locais revistados, estaria a sala de um promotor de Justiça que atura no Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

A assessoria de imprensa do MPE não atendeu os telefonemas da reportagem, assim como o procurador-geral de Justiça, Paulo Prado.

Desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira, vários mandados de busca e apreensão têm sido cumpridos em desfavor de autoridades dos poderes Executivo e Legislativo, além de empresários.

Entre as autoridades, estão o governador Silval Barbosa (PMDB), o deputado José Geraldo Riva (PSD) e o ex-secretário de Fazenda e da Copa, Eder Moraes.

Os mandados fazem parte de mais um desdobramento da Operação Ararath, que teve início em novembro do ano passado. Desde então, várias operações já foram realizadas.

Leia mais sobre o assunto:

Alvo da PF diz que pagou R$ 1,4 milhão a Chico Galindo

Ministro do STF negou busca na Amaggi e gabinete de Silval

Juiz cita indícios de "parceria" de Eder e Júnior Mendonça

Silval paga fiança por arma de fogo e é liberado pela PF

Bosaipo e Alencar Soares também foram alvos de buscas

Detidos, PF leva Eder e Riva para Brasília; veja fostos e vídeo

Ministro do STF cita "caderno espiral" de Silval Barbosa

Silval e Mendes teriam recebido R$ 8 milhões para campanhas

Empréstimo de R$ 3,4 milhões e contrato motivaram busca

Suspeito, gerente do Bic Banco está preso em Cuiabá

Maggi teria avaliado R$ 4 milhões para vaga de Ricardo

Palácio do Planalto avalia que ação contra Silval é "retaliação"

PF prende Eder e Riva e realiza buscas na Assembleia

PF investiga suposta "compra" de vaga no Tribunal de Contas

Ministro ordenou prisão de deputado e ex-secretário em MT

Promotor do Gaeco foi alvo da PF; MPE emite nota



Clique aqui e faça seu comentário


1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

fernando prado  20.05.14 11h38
fernando prado, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados