Cuiabá, Terça-Feira, 18 de Dezembro de 2018
EM COLNIZA
13.03.2018 | 16h05 Tamanho do texto A- A+

Médico é acusado de agredir assessor jurídico da Prefeitura

Profissional teria se irritado ao saber que responderia a um processo administrativo

Reprodução

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Colniza

CÍNTIA BORGES
DA REDAÇÃO

O médico Afrânio Diuni Matias, que atua na Prefeitura de Colniza, foi acusado de agredir o assessor jurídico do Município Carlos Roberto Ferreira Martins, na tarde desta segunda-feira (12).

 

Conforme o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, o médico teria agredido o advogado depois de ser intimado para tomar conhecimento a respeito de um processo administrativo aberto em seu desfavor.

 

Conforme o B.O., o médico foi até a sala de assessoria jurídica no prédio da Prefeitura e teria agredido o assessor com socos no rosto. 

 

Ao chegar no local, policiais encontraram o homem caído no chão com sangramento no nariz e parte direito do rosto machucado.

 

Após a agressão, o médico deixou o prédio pulando da janela do terceiro andar, para outro prédio do lado da Prefeitura.

 

O assessor jurídico foi encaminhado para o Hospital de Colniza. Lá, foi constatado que o Carlos Roberto estava com fratura grave no osso da face. Com isso, o advogado foi encaminhado para o Hospital Municipal de Juína.

 

A Polícia Civil de Colniza investiga o caso. 

 

O boletim de ocorrência não informa as razões para a abertura do processoa administrativo. A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Colniza, mas não foi atendida.

 

Também não conseguiu contato com o médico. 

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia