ENQUETES

Na sua opinião, os "Amarelinhos" da Prefeitura de Cuiabá:

PUBLICIDADE

Cotidiano / RISCO
16.02.2017 | 21h55
Tamanho do texto A- A+

Prefeitura de Cuiabá interdita ponte sobre o Rio Coxipó

Chuvas provocaram cheia e obrigaram Município a interromper o tráfego no local

Divulgação

Clique para ampliar

A Ponte Professor Benedito Figueiredo, que foi interditada nesta quinta-feira

DA REDAÇÃO

A Prefeitura de Cuiabá interditou na noite desta quinta-feira (16) a Ponte Professor Benedito Figueiredo, que liga a Avenida Beira Rio ao Bairro Coophema e à comunidade de São Gonçalo.

 

Conforme relata o coordenador da Defesa Civil do Município, Paulo Wolkmer, a ponte, que passa sobre o Rio Coxipó, não apresenta problemas na estrutura, mas já estava sendo monitorada pelos engenheiros técnicos por processo de “desbarrancamento” iniciado em novembro do ano passado. Segundo ele, a ponte teve a situação piorada devido à cheia no rio.

 

“Em função da cheia, de ontem para hoje constatamos acréscimo no desbarrancamento. Nesta quinta-feira (16), após diversas aferições e monitoramentos realizados no local, a Defesa Civil concluiu que a ponte poderá sofrer novo desbarrancamento e ter sua cabeceira destruída”, afirmou o coordenador.

 

A Secretaria de Mobilidade Urbana fará o desvio do trânsito para a Fernando Corrêa da Costa e Beira Rio. Segundo o Diretor de Trânsito da Semob, Michel Diniz, a orientação é para que aos motoristas não trafeguem em direção ao local.

 

Ele ressaltou também que agentes de trânsito permanecerão na ponte até meia-noite desta quinta, retornando às 6h da sexta-feira (17). O objetivo é que a segurança dos condutores seja garantida.

 

“A interdição acontecerá pontualmente no horário já especificado e os agentes se manterão em atividade orientando e desviando os condutores para que não ocorra nenhum acidente no local”, pontuou.

 

O prefeito Emanuel Pinheiro reforçou que as secretarias de Meio Ambiente e Obras também estão à disposição para prestar os atendimentos necessários.

 

“Já estávamos em alerta. Agora redobraremos os cuidados. Estamos em um dos períodos mais chuvosos do ano e essa interdição demonstra que a Defesa Civil está a postos para impedir que o pior aconteça”, afirmou.




Clique aqui e faça seu comentário


5 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

jose  17.02.17 08h51
Ontem eu vi na televisão falando que esta tudo bem que nao teremos risco nenhum e agora....
16
1
Jairo Semião da Costa  17.02.17 07h45
Engraçado que na reportagem não falam em concertar o problema é sim só interditar o local. Se não me foge à memória acho que essa ponte não tem nem 3(três) anos de uso.
35
3
Edson Sena   17.02.17 06h32
Parabéns pela postura e decepção pela obra, uma ponte que não pode ser utilizada " porque corre água por debaixo dela! Ainda terá um ou outro que dirá: a culpa é da chuva...como se não soubesse que o rio é passível de encher com as chuvas, por isso tem estudo prévio, engenheiros, rsrsrs, é fazer o que?
51
1
welmiton pereira duarte  17.02.17 01h42
isso demonstra a ineficiencia do estado, e a incompetência dos engenheiros dessa obra, que foi recem inaugurada e já ameaça desabar.
45
1
Galileu  16.02.17 23h19
Não é a primeira vez. Há necessidade de se fazer um serviço bem feito.Dessa forma,os custos ficam para o contribuinte, quando deveria ficar com o responsável pela obra.
32
1

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados