Cuiabá, Terça-Feira, 26 de Março de 2019
FUTEBOL DE RESULTADOS
25.02.2019 | 00h30 Tamanho do texto A- A+

Felipão aprova quantidade de lançamentos do Palmeiras no clássico

Para Felipão, a estratégia foi correta.

Vanderlei Almeida/AFP

DO TERRA NOTICIAS

Uma das críticas ao futebol apresentado pelo Palmeiras no clássico contra o Santos foi em relação aos lançamentos da equipe. Diante do Peixe tentando marcar pressão, com sua linha de zaga posicionada próxima ao meio-campo, o Verdão tentou diversas enfiadas longas sem sucesso. Para Felipão, a estratégia foi correta.

 

"Eu reclamei da qualidade dos lançamentos, não da quantidade. O time do Santos joga lá em cima. Nós temos que acertar os passes de 30, 40 metros. Nós treinamos assim, o Santos joga lá em cima. Com um bom passe…. esse era o meu problema", afirmou Scolari.

 

No primeiro tempo, as duas equipes pouco criaram no Allianz Parque. A maior oportunidade aconteceu apenas aos 40 minutos do primeiro tempo, quando Borja perdeu um gol claríssimo, com Everson já batido no lance. Na etapa final, o Verdão conseguiu assustar o Santos e pressionar pela vitória, mas apenas com cruzamentos na área.

 

O repertório está bom, tem criado oportunidades. E, quando se cria oportunidades, a gente não pode reclamar de nada, não. O que a gente pode cobrar da equipe e dos jogadores é qualidade no último chute, no último cabeceio. E isso a gente faz durante a semana".

 

"Não é porque o time permaneceu o mesmo do ano passado que temos mais qualidade que as outras equipes. Não é porque o Palmeiras tem muitos jogadores que precisa ganhar de todo mundo. Isso é um absurdo", finalizou Scolari.

 

 

Fonte       https://www.terra.com.br/esportes/palmeiras/felipao-aprova-quantidade-de-lancamentos-do-palmeiras-no-classico,1d1a4b3745f260fc30d6f3b358d9f614hiwxyqzu.html   




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia