Cuiabá, Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2018
Fogo Amigo
16.04.2018 | 09h21 Tamanho do texto A- A+

Delação no STF

Alan entregou recibo de pagamento a secretário

DA REDAÇÃO
Alan Malouf 260916

O empresário Alan Malouf, que aguarda delação premiada

O empresário Alan Malouf, condenado a 11 anos de prisão no esquema de corrupção na Seduc desbaratado pela Operação Rêmora, no início do atual Governo, aguarda o posicionamento do STF sobre a homologação, ou não, de sua delação premiada.

 

Seu alvo principal é o governador Pedro Taques (PSDB), a quem afirma ter agido como arrecadador de dinheiro e espécie de tesoureiro durante sua campanha.

 

Segundo fonte da coluna, entre os documentos juntados por Alan, e entregues ao MPF, estaria um recibo de pagamento de "complemento salarial" a um secretário de Estado.

 

O tal complemento teria sido pago a vários secretários, que quando foram convidados para os cargos alegaram que não poderiam assumir em função dos baixos salários. Como saída, teria sido usada a compensação.




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Dezembro de 2018
16.12.18 11h00 » Deu na Folha
16.12.18 09h30 » Bomba para Mendes
16.12.18 08h00 » Nas redes
15.12.18 16h00 » O sobrevivente
15.12.18 11h27 » Um voto
15.12.18 11h01 » Caso Miraglia
15.12.18 09h20 » Lista dos milionários
15.12.18 08h00 » Carros da AL
14.12.18 18h22 » Panos quentes
14.12.18 14h30 » Deu na Época