Cuiabá, Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019
Fogo Amigo
08.11.2018 | 10h15 Tamanho do texto A- A+

Interminável

Tribunal adia mais uma vez julgamento que pode aposentar juiz

DA REDAÇÃO
Juiz Flávio Miraglia 18-07-2018

O juiz Flávio Miraglia Fernandes, que responde ao Procedimento Administrativo Disciplinar

O Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso adiou, mais uma vez, nesta quinta-feira (8), o julgamento de um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) contra o juiz Flávio Miraglia Fernandes, que atua em Cuiabá.

 

O processo foi instaurado em 2016 com a finalidade de apurar supostas ilegalidades cometidas pelo magistrado em ações envolvendo cifras milionárias e pela má gestão da Vara de Falência e Recuperação Judicial da Capital.

 

Caso seja condenado, ele será retirado da Magistratura e receberá aposentadoria proporcional ao tempo de serviço.

 

O adiamento foi informado logo no início da sessão pelo presidente do TJ, desembargardor Rui Ramos. Ele não deu uma justificativa para a suspensão. 

 

Até o momento, há 16 votos a favor da aposentadoria compulsória e 8 contra.




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Janeiro de 2019
22.01.19 14h38 » Pecuária em "crise"
22.01.19 10h20 » Grampolândia
22.01.19 08h40 » Ao vivo
22.01.19 08h20 » Déficit e pagamentos
21.01.19 16h31 » Problemas cardíacos
21.01.19 13h57 » Freud explica?
21.01.19 11h00 » Deu no Globo
21.01.19 09h35 » Protesto
21.01.19 08h47 » Editorial da Folha
21.01.19 07h55 » Staff de Mendes