ENQUETES

Você é a favor ou contra a condenação de Lula em 2ª instância?

PUBLICIDADE

Fogo Amigo
15.08.2017 | 07h16
Tamanho do texto A- A+

Meio milhão

Salário de juiz de MT repercute no país

DA REDAÇÃO
Mirko Vicente Gianotte

O juiz Mirko Giannotte, de Sinop, que recebeu em julho salário bruto de R$ 503 mil

Dados do portal Transparência, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, revelam que o juiz Mirko Vincenzo Giannotte, da 6ª Vara de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), recebeu, no mês de julho passado, R$ 415.693,02 líquido de salário. O valor bruto pago foi de R$ 503.928,79.

 

O rendimento inclui uma  remuneração de R$ 300.200,27; indenização de R$ 137.522,61, mais R$ 40.342,96 de vantagens eventuais e R$ 25.779 de gratificações.

 

A informação foi dada pela "Coluna do Estadão", do jornal O Estado de S.Paulo.

 

Ao jornal, a  assessoria de imprensa do TJMT informou que não se trata de erro e, segundo uma nota, o pagamento do valor foi autorizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

 

Veja a íntegra da nota do TJ:

 

"Em atenção a solicitação deste veículo de comunicação informamos que considerando a decisão proferida pelo Conselho Nacional de Justiça no Pedido de Providencias n. 0005855-96.2014.2.00.0000, no mês de julho/2017, no Pedido de Providências 18/2009 (Prot.Atenas 213.568), em que é requerente a Associação dos Magistrados de Mato Grosso (Amam), foi determinado pela Presidência deste Tribunal o pagamento do passivo da diferença de entrância aos magistrados que jurisdicionaram, mediante designação, em entrância ou instância superior no período correspondente a 29/5/2004 a 31/12/2009.

 

Coordenadoria de Comunicação do TJMT"




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Janeiro de 2018
16.01.18 10h32 » Verba para WS
16.01.18 08h31 » Polêmica sem fim
15.01.18 17h58 » Duodécimo
15.01.18 17h00 » Insegurança
15.01.18 16h00 » Casa dos Horrores
15.01.18 12h30 » Staff de Taques
15.01.18 10h40 » Trambolho
15.01.18 09h28 » Irregularidades
15.01.18 08h13 » Entra e sai
14.01.18 18h40 » Pedágio em MT

1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados