Cuiabá, Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2019
Fogo Amigo
11.09.2018 | 21h43 Tamanho do texto A- A+

Outra vez...

Procurador Mauro pode "morrer na praia"

DA REDAÇÃO

Alair Ribeiro/MidiaNews

Procurador Mauro 04-09-2018

O procurador Mauro, que disputa vaga no Senado

Candidato em todas as últimas eleições desde 2006, o procurador Mauro (PSOL) corre o risco de, mais uma vez, "morrer na praia".

 

Isso porque ele não conta com praticamente nenhuma estrutura de campanha. A executiva nacional de seu partido, por exemplo, destinou apenas R$ 100 mil para todos os candidatos em Mato Grosso. Sobrou-lhe "míseros" R$ 15 mil.

 

Empatado em segundo lugar com Nilson Leitão (PSDB) na última pesquisa Voice registrada no TRE-MT, o que selará o destino do procurador será sua capacidade de amealhar votos no Interior - onde Leitão tem seu melhor desempenho.

 

Resumindo: caso Mauro não cresça no Interior, e Leitão consiga crescer na Capital, a tendência é que este último se eleja.

 

Mas, correndo por fora, também há a juíza aponsentada Selma Arruda (PSL), que está um pouco atrás mas, no limite, empatada tecnicamente com os dois.




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Janeiro de 2019
23.01.19 21h00 » Combate ao crime
23.01.19 16h20 » De mudança; veja
23.01.19 12h00 » Fruto da omissão
23.01.19 10h19 » Bronca pública
23.01.19 09h27 » Caixa vazio
23.01.19 08h30 » Uma noite na AL
22.01.19 17h40 » Protesto na AL
22.01.19 17h00 » Colarinho branco
22.01.19 14h38 » Pecuária em "crise"
22.01.19 10h20 » Grampolândia