Cuiabá, Segunda-Feira, 25 de Março de 2019
Fogo Amigo
12.04.2018 | 11h18 Tamanho do texto A- A+

Sobrou um

Vice-governadoria perde mais cargos

DA REDAÇÃO
Pedro Taques e Carlos Fávaro 19-12-2017

O ex-vice-governador Carlos Fávaro e o governador Pedro Taques

Uma semana após a renúncia de Carlos Fávaro (PSD), o governador Pedro Taques (PSDB) concluiu o processo de esvaziamento da Vice-governadoria com um decreto que manteve apenas um cargo comissionado na estrutura funcional.

 

Na terça-feira (10), o Governo já havia publicado a exoneração de 14 servidores - justamente os que recebiam os maiores salários do setor. Com o decreto desta quinta-feira (12), fica mantido apenas o chefe de gabinete e os outros 20 cargos serão remanejados.

 

Fávaro, que deverá concorrer ao Senado, oficializou sua saída do Governo por meio de uma carta na qual disse que buscará "construir um novo projeto para Mato Grosso".

 

Em caso de ausência de Taques, quem assume o governo é o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM).




Leia mais notícias sobre Fogo Amigo:
Março de 2019
25.03.19 17h34 » Disputa no ninho
25.03.19 16h33 » Aeronaves
25.03.19 14h25 » Troca de farpas
25.03.19 11h30 » Entre os índios
25.03.19 10h10 » Big Brother
24.03.19 20h33 » Projeto 2020
24.03.19 20h00 » "Grave crise"
24.03.19 16h00 » Concurso no TCE
24.03.19 14h00 » Inusitado
24.03.19 10h30 » Governo Bolsonaro