Cuiabá, Quinta-Feira, 21 de Fevereiro de 2019
ESTUPRO
09.02.2019 | 14h45 Tamanho do texto A- A+

Boliviano é preso e confessa ter abusado das enteadas em MT

Uma das vítimas denunciou o crime à polícia; mãe seria conivente e também é investigada

Alair Ribeiro/MidiaNews

A Polícia Civil de Cáceres prendeu o suspeito

DA REDAÇÃO

A Polícia Civil de Cáceres (a 220 km de Cuiabá), através da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, prendeu um boliviano de 40 anos, suspeito de abusar das enteadas de 13 e 14 anos.

 

A mãe das vítimas tinha conhecimento dos abusos e também será indiciada em inquérito policial por estupro de vulnerável.

 

As investigações iniciaram quando uma das vítimas procurou a delegacia para denuncias os abusos. A menor de 13 anos fugiu de casa e procurou a ajuda da ex-patroa da mãe, que encorajou a menina denunciar o padrasto.

 

Na delegacia, a adolescente relatou os abusos iniciaram há cerca de dois anos, quando a família ainda estava na Bolívia.

 

“A vítima relatou que o último abuso ocorreu há cerca de três semanas, mas que ela e a irmã eram abusadas desde que ela tinha 11 anos. A irmã mais velha, de 14 anos, tem um filho de um ano, possivelmente fruto das relações com o padrasto”, disse a delegada Judá Maali Marcondes, que coordena as investigações.

 

Diante das informações, a delegada representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça.

 

Com mandado em mãos, a polícia seguiu até a propriedade do suspeito, no Distrito do Caramujo, zona rural de Cáceres, onde a família não foi mais encontrada.

 

Os policiais, então, realizaram buscas por toda madrugada, conseguindo localizar o suspeito no início da manhã em outra região da cidade, onde a ordem de prisão foi cumprida.

 

Mãe sabia

 

Segundo a delegada, o suspeito confessou os abusos praticados contra as enteadas e disse que a mãe das menores tinha conhecimento da situação.

 

“Ele disse que a companheira ficava brava com os abusos, mas não o impedia de abusar das filhas”, afirmou a delegada.

 

A mãe das menores também será indiciada por estupro de vulnerável como coautora, uma vez que consentia com os abusos, sendo requerida a sua prisão em inquérito policial, que deve ser concluído dentro de 10 dias.

 

“A adolescente de 14 anos também foi ouvida e confirmou que também era abusada pelo suspeito e que sua mãe tinha conhecimento da ação delel”, disse a delegada.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia