ENQUETES

Você aprova ou desaprova o início da gestão Emanuel Pinheiro?

PUBLICIDADE

Polícia / NO CAMPUS
16.02.2017 | 09h40
Tamanho do texto A- A+

Polícia prende dupla acusada de sequestro relâmpago na UFMT

Crime aconteceu no dia 27 de setembro; vítima ficou três horas com os bandidos

Arquivo

Clique para ampliar

O crime aconteceu dentro do campus da Universidade Federal de Mato Grosso

DA REDAÇÃO

Dois homens acusados de participar do crime de extorsão, na modalidade conhecida como “sequestro relâmpago” foram presos pela Polícia Civil, na quarta-feira (15), após serem identificados em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá.

 

Um terceiro suspeito de envolvimento na ação criminosa continua foragido.

 

Apontado como um dos autores do crime, T.L.B.S.F. foi localizado em uma loja, na Avenida Carmindo de Campos em Cuiabá. O suspeito L.B.S..F. teve o mandado de prisão cumprido, em Rondonópolis, em uma ação da equipe da Derf do município.

 

O crime aconteceu no dia 27 de setembro, no campus da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá. Dois homens armados, em uma motocicleta, abordaram a vítima e restringiram sua liberdade por aproximadamente 3 horas.

 

Durante a ação, os bandidos buscaram o terceiro comparsa, que passou a conduzir o veículo da vítima, enquanto um foi no banco do passageiro e o outro no banco de trás, acompanhando a vítima.

 

Utilizando de violência e grave ameça, os criminosos sacaram dinheiro e fizeram compras com o cartão da vítima.

 

Assim que foi acionada do crime, a equipe da Derf inciou as investigações e com apoio do Núcleo de Inteligência e da equipe operacional conseguiu identificar T.L.B.S.F. como um dos autores do crime. Segundo as investigações, com o cartão da vítima, o suspeito comprou um aparelho celular em um shopping da cidade.

 

Após a identificação do suspeito, os investigadores da Derf realizaram diligências em que conseguiram localizar a motocicleta utilizada no roubo, na casa do pai do investigado. Em buscas no local, policiais apreenderam o veículo e um par de tênis que também foi comprado com o cartão da vítima.

 

Em continuidade às investigações, os outros dois participantes do crime foram identificados. Com base nos indícios de autoria, o delegado Guilherme Berto Nascimento Fachinelli representou pelo mandado de prisão contra os suspeitos, pelo crime de extorsão qualificada pela restrição de liberdade.

 

As ordens de prisão foram deferidas pela Justiça e duas delas cumpridas na quarta-feira (15). T.L.B.S.F. teve o mandado de prisão cumprido pela equipe da Derf de Rondonópolis e L.B.S..F. foi localizado por policiais da Derf de Cuiabá, em uma loja na Avenida Carmindo de Campos. O terceiro envolvido não foi localizado e continua procurado pela Polícia.

 

Segundo Fachinelli, as investigações contra os suspeitos continuam, uma vez que eles podem estar envolvidos em outras ações semelhantes. “Cerca de um mês após esse crime, aconteceu outro, com características semelhantes, na mesma região. Estamos trabalhando na possibilidade de envolvimento do mesmo grupo”, destacou.

 




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados