Cuiabá, Segunda-Feira, 21 de Janeiro de 2019
APÓS REUNIÃO
10.01.2019 | 07h25 Tamanho do texto A- A+

Botelho cita rombo de R$ 200 milhões e vê seriedade em projetos

Governador encaminhará projetos que visam corte de gastos e aumento de recursos para análise da AL

Alair Ribeiro/MidiaNews

O presidente da AL, Eduardo Botelho que pediu "sacrifício" em prol do Estado

CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), afirmou que o governador Mauro Mendes (DEM) aproveitou a reunião realizada com os deputados estaduais nessa quarta-feira (9) para apresentar um “raio-x” do caixa do Poder Executivo.

  

Segundo Botelho, somente neste mês de janeiro, há um déficit de R$ 200 milhões nos cofres do Estado.

  

“Tivemos uma reunião muito boa, em que o governador fez uma explanação, abriu o fluxo financeiro diário do Estado, mostrando onde foi dinheiro, o que está sendo pago, além de apresentar cada um dos projetos que ele irá encaminhar à Assembleia”, disse Botelho.

 

Só nesse mês de janeiro, sem considerar os restos a pagar, só para [cobrir as ] obrigações do Estado, faltam R$ 200 milhões

“Precisamos trabalhar num horizonte, o mais rápido possível, para tirar o Estado da situação que está. Só nesse mês de janeiro, sem considerar os restos a pagar, só para [cobrir as] obrigações do Estado (repasses aos municípios, repasses para custeio, percentuais da saúde e pagamento de salários) faltam R$ 200 milhões”, acrescentou o presidente.

 

A ideia, segundo ele, é que por meio dos projetos encaminhados à Assembleia pelo governador - e que ainda serão analisados pelos parlamentares - o Estado consiga cortar gastos e aumentar os recursos.

  

Conforme o MidiaNews já noticiou, entre os projetos, está o que estabelece critérios para a concessão da Revisão Geral Anual (RGA) aos servidores públicos, uma Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual, a proposta de junção do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) 1 e 2 e a reforma administrativa do Estado.

  

“Esse é o momento em que temos que nos unir, fazer projetos sérios e eu vi muita seriedade nesses projetos do Mauro. São projetos de Estado, não projeto do governador”, disse Botelho.

  

“Todos terão que contribuir. O Estado não faz dinheiro. Esses projetos são com objetivo de criar regras claras, bem definidas, para o Estado sair dessa crise. Achei muito importante e muita rápida a equipe econômica do Mauro, com seis dias de Governo já apresentando um plano para sair dessa situação”, concluiu o presidente.

  

Nesta quinta-feira (10), Mendes levará pessoalmente à Assembleia Legislativa os projetos que serão analisados pela Casa.

  

Na sequência, ele dará uma entrevista coletiva para dar mais detalhes sobre as medidas propostas.

  

Leia mais sobre o assunto:

 

Mendes apresenta projetos à AL; seis empresas serão extintas

 

 

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
4 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Luis  11.01.19 07h14
Se existe realmente o tal rombo, esse cidadão também é um dos responsáveis, pois o governo anterior aumentou o repasse dos duodécimos para a Assembléia, tanto que ele mesmo anda dizendo que vai devolver dinheiro para o Executivo. CONIVENTE.
1
0
Jorge  10.01.19 09h47
Legislativo e judiciário todos com o duodécimo já considerando RGA ...
20
0
Aldo  10.01.19 09h42
É hora dos poderes reduzirem seus duodécimo. Vamos todos colaborar.
25
1
Fernanda Lopes  10.01.19 09h21
Perguntar não ofende. A assembleia não é quem aprova os projetos do Governador?? E O Deputado Botelho não estava na assembleia na gestão passada? Estava de olhos fechados???
36
0