ENQUETES

Se as eleições em MT fossem hoje, em quem você votaria para governador?

PUBLICIDADE

Política / FRAUDES NO VLT
09.08.2017 | 07h48
Tamanho do texto A- A+

Ex-Secopa e empresário de factoring são alvos de operação da PF

Entre os crimes investigados estão fraude a procedimento licitatório, associação criminosa e corrupção

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

O ex-secretário Maurício Guimarães (detalhe), um dos alvos da PF

CAMILA RIBEIRO E JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

 Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (9), a Operação Descarrilho, que apura crimes de fraude a procedimento licitatório, associação criminosa, corrupção ativa e passiva, peculato e lavagem de capitais, em tese ocorridos durante a escolha e execução da obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). 

 

A operação é resultado de investigação conduzida pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela PF.

 

Entre os alvos está o ex-secretário da Secopa (Secretaria Extraordinária das Obras da Copa), Maurício Guimarães.

 

Ao todo, são cumpridos 18 mandados de busca e apreensão nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Petrópolis, São Paulo e Curitiba.

 

Também há um mandado de condução coercitiva na Capital.

 

Durante a investigação, foram colhidos elementos que apontam, segundo a PF, "fundados indícios" de acertos de propina com representantes de sociedades empresariais integrantes do Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande.

 

MidiaNews

Maurício Guimarães

O ex-secretário da Copa, Maurício Guimarães, alvo da operação

Há ainda indícios de desvio de recursos por intermédio de sociedades empresariais subcontratadas pelo consórcio.

 

Documentos chegam à PF (Atualizada às 8h21)

 

Agentes que cumpriam os mandados já começam a chegar àa sede da Polícia Federal, na Avenida do CPA, em Cuiabá.

 

Pastas com documentos e computadores estão entre os itens apreendidos.

 

Em Mato Grosso, foram 11 mandados de busca e apreensão, sendo 10 na Capital e 1 em Várzea Grande.

 

O alvo de mandado de condução coercitiva também já está na sede da PF, mas sua identidade não foi revelada.

 

Delegado e procurador conduzem operação (Atualizada às 8h24)

 

A operação está sendo conduzidas pelo delegado Wilson Rodrigues de Souza Filho e pelo procurador Vinícius Alexandre Fortes de Barros.

 

Segundo o MPF, não há qualquer relação desta ação com a Operação Ararath, como chegou a ser especulado inicialmente.

 

Ex-secretário é alvo (Atualizada às 8h50)

 

Alair Ribeiro/MidiaNews

Operacao descarrilho  4

Agentes chegam a PF com materiais apreendidos na Operação

O ex-secretário extraordinário da Copa, Maurício Guimarães, é alvo do mandado de condução coercitiva.

 

No prédio da Avenida Getúlio Vargas, que foi alvo da PF, está localizada a factoring do empresário Ricardo Novis Neves.

 

Lá, foram cumpridos mandados de busca e apreensão.

 

PF não confirma identidade de alvo da ação (Atualizada às 9h06)

 

A assessoria de imprensa da PF foi até o saguão do prédio, onde estão jornalistas que acompanham a operação, mas não confirmou a identidade do alvo de condução coercitiva.

 

Materiais apreendidos chegam à PF (Atualizada às 9h13)

 

Aos poucos, mais agentes da PF chegam ao prédio com novos materiais apreendidos na operação.

Eles carregam malotes com uma série de documentos.

 

A movimentação no local é intensa.

 

Governo se pronunciará sobre operação ainda hoje (Atualizada às 9h30)

 

O secretário de Estado de Comunicação, Kleber Lima, afirmou que o Governo se pronunciará ainda hoje sobre a Operação Descarrilo.

 

Por ora, segundo ele, a equipe do Governo está se inteirando do teor da operação.

 

A retomada da obra do VLT está sendo discutida na Justiça Federal.

 

Alair Ribeiro/MidiaNews

descarrilho 7

Movimentação no prédio da Polícia Federal é intensa

O Governo, o consórcio e os Ministérios Públicos Estadual e Federal tentam chegar a um acordo para a conclusão do modal.

 

PF levou HDs de factoring (Atualizada às 9h44)

 

O advogado Ricardo Monteiro, responsável pela defesa Ricardo Novis Neves, confirmou que a factoring de seu cliente foi alvo de mandados de busca e apreensão, na manhã de hoje.

 

Segundo ele, não foi levado nenhum documento do local, apenas HDs de computadores.

 

“Ainda não tive acesso aos autos, não sabemos o motivo da busca e apreensão”, afirmou Monteiro.

 

MPF divulgará informações (Atualizada às 10h40)

 

O Ministério Público Federal (MPF) afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que deverá divulgar, nas próximas horas, parte do pedido que embasou a operação.

 

Mandados já foram cumpridos (Atualizada às 10h47)

 

A Polícia Federal informou que todos os 19 mandados da operação já foram cumpridos.

 

Documentos e equipamentos eletrônicos chegam ao prédio da PF.

 

Alair Ribeiro/MidiaNews

Mauricio pf

O ex-secretário Maurício Guimarães, deixa o prédio da PF

Ex-secretário deixa prédio da PF (Atualizada às 11h29)

 

O ex-secretário da Copa, Maurício Guimarães, alvo de mandado de condução coercitiva, já deixou o prédio da Polícia Federal.

 

Ele deixou o local pelo estacionamento e não teve contato com os jornalistas.

 

Guimarães estava acompanhado de dois advogados - um deles é Rodrigo Leite.

 

Nenhum dos advogados falou com a imprena sobre as declarações prestadas pelo ex-secretário ao delegado responsável pelo caso.

 

Obra do VLT está parada há 2 anos (Atualizada às 11h32)

 

A obra do Veículo Leve sobre Trilhos deveria ter ficado pronta antes da Copa do Mundo, em junho de 2014.

 

O Estado já investiu R$ 1 bilhão. A obra completou dois anos e sete meses parada. 

 

O consórcio pediu mais R$ 1,2 bilhão para terminar o modal de transporte coletivo urbano.

 

MPF e MPE se manifestaram contra a obra (Atualizada às 11h37)

 

Em julho passado, o Governo do estado e o Consórcio VLT pediram à Justiça Federal mais 30 dias para apresentarem uma nova proposta de acordo para a retomada das obras do VLT.

 

Em duas ocasiões, os ministérios públicos Estadual e Federal se manifestaram contra o acordo.

GALERIA DE FOTOS




Clique aqui e faça seu comentário


2 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Laura  09.08.17 11h02
Laura, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
jango  09.08.17 09h30
depois dessa... será que o EP vai continuar querendo fazer o vlt pelo município? aliás, caso o prefeito continue com essa ideia sugiro um levante popular. é só mais uma forma de jogar dinheiro público fora (prá não dizer outra coisa, senão vão me censurar).
59
28

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados