ENQUETES

Nessas eleições, você pretende:

PUBLICIDADE

Política / REVIRAVOLTA PARTIDÁRIA
13.02.2018 | 16h27
Tamanho do texto A- A+

Marrafon: Percival queria disputar Governo; PPS apoiará Taques

Novo presidente do Partido Popular Socialista diz que estará com governador em eventual reeleição

Alair Ribeiro/MidiaNews

Clique para ampliar

O secretário de Estado de Educação, Marco Aurélio Marrafon, novo dirigente do PPS em Mato Grosso

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O secretário de Estado de Educação, Marco Aurélio Marrafon, novo presidente do PPS em Mato Grosso, afirmou que o ex-prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz (PPS), queria disputar o Governo do Estado contra o governador Pedro Taques (PSDB).

 

Segundo o secretário, os objetivos do ex-prefeito estavam em desacordo com o que a direção nacional da sigla planeja para o Estado, que é, de acordo com ele, estar na chapa de reeleição do atual governador. Marrafon assumiu a presidência em Mato Grosso no último dia 2 de fevereiro.

 

“A provisória do ex-prefeito Percival venceu em dezembro de 2017 e a gente iniciou a conversa, que era muito mais voltada à ideia da própria nacional de construir uma plataforma de mudança no modelo partidário e isso indicava alguns caminhos, como uma aliança com o PSDB. E isso era um caminho que não estava de acordo com o então presidente, Percival, concordava”, disse Marrafon.

 

“Ele já indicava que gostaria de pegar outro caminho. Chegou a dizer que tinha pretensão de ser candidato a governador. Dissemos que não era esse o caminho que o partido está pensando nacionalmente. E, se não é esse, precisamos cada um seguir suas convicções”, completou.

 

O secretário não considera a saída de Percival do comando da sigla como uma “destituição”. Segundo ele, toda a mudança na direção do PPS foi tratada com o ex-prefeito. 

Como já estava vencida, não houve destituição nenhuma. E o partido tomou o rumo que achou mais adequado

 

“Como [a comissão provisória] já estava vencida, não houve destituição nenhuma. E o partido tomou o rumo que achou mais adequado ao mundo contemporâneo, às novas exigências da sociedade. Toda conversa foi feita sempre ouvindo ele, mas ele preferiu por não estar na provisória”, afirmou.

 

Nos bastidores a informação é de que o ex-prefeito deve trocar de sigla e disputar o Governo do Estado. Entretanto, segundo Marrafon, Percival ainda não disse se irá deixar o partido.

 

“Ainda não temos nada oficial sobre mudança de rumo dele. Ele optou por não estar na provisória, mas continua no partido. Se houver alguma comunicação, aí vamos avaliar”, completou.

 

Novos membros

 

Além de Marrafon, outro membro do secretariado do governador Pedro Taques faz parte do novo diretório do PPS. O secretário-presidente do Desenvolve MT, José Adolpho, é o tesoureiro da sigla.

 

Werley Peres, que foi secretário de Saúde de Cuiabá, é o segundo-vice-presidente. A advogada Luciana Serafim ocupa a Primeira Secretaria Geral. Já Francisco Wagner Simplício, que foi secretário de Saúde de Várzea Grande, é o vice-presidente.

 

A comissão provisória, nomeada pelo presidente nacional da sigla, deputado federal Roberto Freire (SP), tem validade de 60 dias. As negociações para as trocas vinham ocorrendo desde novembro do ano passado.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Grupo ligado a Taques assume o PPS; Marrafon será presidente




Clique aqui e faça seu comentário


3 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Enzi Cerqueira   14.02.18 07h29
Quem apoiar Pedro Taques. ....vai perder as eleições. ....
18
1
Jefferson de Andrade   13.02.18 21h49
Se isso não é rasteira e o quê, são os novos usando a mesma prática da velha política. Com certeza vai ser a campanha mais cara para Federal, não tem voto,não vai eleger.
17
0
Maria  13.02.18 19h49
Nossa, pegou mal. A imprensa noticiou como uma rasteira. Nunca votaria em gente assim.
15
0
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados