ENQUETES

Você acha que os políticos, conselheiros e empresários alvos da PF serão condenados?

PUBLICIDADE

Política / SECRETÁRIO IRONIZA
17.02.2017 | 14h13
Tamanho do texto A- A+

“Nem se pintar de ouro o PMDB vai parecer um projeto novo”

Suelme Evangelista, da Agricultura, afirma que a oposição a Taques cria conflito onde não existe

Reprodução

Clique para ampliar

Secretário Suelme Evangelista disse que oposição quer criar conflito onde não existe

CAMILA RIBEIRO
DA REDAÇÃO

O secretário de Estado de Agricultura, Suelme Evangelista (PSB), ironizou o fato de lideranças do PMDB e de outros partidos de oposição ao Governo Pedro Taques (PSDB) terem afirmado que pretendem disputar o Governo em 2018 para apresentar um “projeto novo” à população.

 

Suelme lembrou, no entanto, que esses mesmos partidos é que estavam no comando do Estado até 2014, antes de Taques assumir o Executivo.

 

“Nem se pintar de ouro o PMDB vai parecer novo. Tem que fazer plástica, muito botox, para tentar disfarçar a história de corrupção, de velha politica que esse grupo de lá representa. Não acho que isso seja possível”, disse Suelme.

 

Nem se pintar de ouro o PMDB vai parecer novo. Tem que fazer plástica, muito botox, para tentar disfarçar a história de corrupção, de velha politica que esse grupo de lá representa

“Acho que falar em novo, sendo liderados pelo presidente do PMDB [Carlos Bezerra] não cola pra ninguém. É querer brincar de me engana que eu gosto”, afirmou o secretário.

 

Na avaliação de Suelme, os partidos e lideranças que apoiam o governador Pedro Taques é que representam o novo na política.

 

“São pessoas que tiveram pouquíssimas experiências, muitos estão em seu primeiro mandato. É grupo extremamente novo, saudável. A sociedade, com certeza, vai optar novamente por aquilo que está dando certo, pelo caminho correto”, disse.

 

Ainda segundo ele, as eleições de 2018 caminham para uma disputa entre “as forças do bem contra as forças do mal”.

 

“É esse caminho que vamos ter: uma eleição que vai possibilitar comparar dois projetos. De 2011 a 2014 houve um Governo. Vamos comparar o legado que ficou nesse período com aquilo que estamos construindo hoje. Nós estamos fazendo comparações. Só na minha Pasta, por exemplo, tenho milhares de coisas positivas para comparar com o nada que foi feito em quatro, cinco anos do Governo passado”, afirmou.

 

“E essa eleição é, inclusive, desejável. Será as forças do mal contra forças do bem. Pra gente poder fazer os contrapontos entre nós e eles”, emendou.

 

PSB na base

 

O secretário também descartou qualquer possibilidade de o PSB, liderado em Mato Grosso pelo deputado federal Fabio Garcia, passar para o grupo de oposição ao Governo.

 

A hipótese chegou a ser ventilada por membros da oposição, já que há especulações de que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), poderia sair candidato em uma disputa ao Governo.

 

Essa história de PSB na oposição é uma vontade louca de criar conflito onde não existe

“Não tem outro lugar para o PSB que não seja aqui. Somos construtores dessa história, não vamos sair por qualquer motivo. Não temos pecha de traição na nossa história. Pelo contrário, o que marcou nossa história política sempre foi a coerência. Não vamos mudar o jogo por conveniência eleitoreira e não vai ter nenhuma surpresa além do que todos já sabem: que estamos juntos com esse grupo do Governo”, afirmou.

 

“Essa história de PSB na oposição é uma vontade louca de criar conflito onde não existe. Na politica, as especulações são naturais. Na verdade, há uma história de que o Mauro vai trair o Taques, o grupo. Essa é uma história velha, que já não cola mais. Temos tido uma postura de coerência e isso vai ser mantido. Não tem lógica ficar no grupo quatro anos e depois sair falando mal”, concluiu o secretário.

 

 
 
 



Clique aqui e faça seu comentário


4 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Eliel  17.02.17 17h14
Se o povo de MT optar por esse PMDB estará claro que não sabemos votar .
9
31
alexandre  17.02.17 15h42
o PSDB simboliza perseguição aos Servidores..
55
14
saraiva  17.02.17 15h41
Mas o senhores vereadores do PSB não estão falando isso lá na câmara.Existe DOIS DISCURSOS?
50
4
joaoderondonopolis  17.02.17 15h21
O PMDB é o partido mais bem estruturado em MT, sob o comando do deputado Federal Carlos Bezerra, considerado PHD em política. O PMDB foi aprovado no teste com a vitória nas urnas do prefeito de Cuiabá. Não duvide da competência do bloco de oposição, ainda mais com o senador Wellington Fagundes que é outra potência.
51
24

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados