Cuiabá, Sábado, 16 de Fevereiro de 2019
"ÓDIO NÃO TEM ESPAÇO"
12.02.2019 | 10h45 Tamanho do texto A- A+

Pratt rebate após acusação de frequentar igreja anti-LGBTQ

Astro das franquias 'Os Vingadores', 'Jurassic World' e 'Guardiões da Galáxia' foi acusado publicamente pela atriz Ellen Page

Getty Images

Chris Pratt e Ellen Page

DA QUEM

Homossexual assumida e ativista nos direitos da população LGBTQI+, a atriz Ellen Page recentemente acusou o ator Chris Pratt de frequentar uma igreja acusada de ser anti-LGBTQ.

Tudo começou quando, durante entrevista ao programa do apresentador Stephen Colbert, Pratt falou de seu lado espiritual, afirmando que frequenta a Hillsong Church e que chegou a envolver um "jejum bíblico" de 21 dias. A instituição, fundada na Austrália, tem unidades e fiéis espalhados por 17 países no mundo.

No Twitter, Page compartilhou um post do The Hollywood Reporter e rebateu: "Ah... Tá... Hummm... Mas a igreja dele é aquela infame anti-LGBT, então ele se refere a isso também?”. O líder da Hillsong, Brian Houston, já chegou a dizer, em entrevista, que a igreja "defende o pensamento cristão tradicional sobre estilos de vida gay”. Além de Pratt, outros frequentadores famosos vão à Hillsong, como Kim Kardashian, Selena Gomez, o casal Justin Bieber e Hailey Baldwin, e Vanessa Hudgens.

Na tarde de segunda-feira (11), Pratt decidiu se manifestar sobre a polêmica em seu Instagram Stories. Com uma imagem de ovelhas ao ar livre, ele escreveu uma extensa mensagem falando sobre a questão.

 

Confira na integra abaixo:

Recentemente foi sugerido que eu pertenço a uma igreja que odeia um certo grupo de pessoas e é "infame e anti-LGBT". Nada poderia estar mais longe da verdade. Eu vou a uma igreja que abre suas portas para absolutamente todos.

"Apesar do que a Bíblia diz a respeito do divórcio, a comunidade esteve lá para mim em todos os momentos do caminho, nunca julgando, apenas me acompanhando na minha jornada. Eles me ajudaram muito, oferecendo amor e apoio. É o que eu tenho visto que eles fazem pelos outros em incontáveis ​​ocasiões, independentemente de orientação sexual, raça ou gênero.

Minha fé é importante para mim, mas nenhuma igreja me define ou define a minha vida, e eu não sou um porta-voz de nenhuma igreja ou qualquer grupo de pessoas. Muitos valores definem quem eu sou. Precisamos de menos e não mais ódio neste mundo. Eu sou um homem que acredita que todo mundo tem o direito de amar quem eles querem, independente do julgamento de seus semelhantes.

Jesus disse: 'eu te dou um novo mandamento, amai-vos uns aos outros'. Isso é o que me guia na vida. Ele é um Deus de amor, aceitação e perdão. O ódio não tem lugar no meu mundo ou neste mundo"

 

Fonte: https://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2019/02/chris-pratt-faz-post-apos-acusacao-de-frequentar-igreja-anti-lgbtq-odio-nao-tem-espaco.html




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia