Cuiabá, Terça-Feira, 21 de Maio de 2019
NA CONTRAMÃO
09.04.2016 | 12h16 Tamanho do texto A- A+

Produção industrial de Mato Grosso cresce 18% em relação a 2015

Incremento surpreende porque País vive cenário generalizado de retração

Arquivo

O setor de frigorífico ajudou no crescimento da produção

DA REDAÇÃO

Enquanto a produção industrial despenca em quase todo o país, em Mato Grosso ela surpreendeu em fevereiro, conforme dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e

 

Segundo o órgão oficial de estatísticas, em fevereiro a produção industrial do Estado foi 18,1% maior que no mesmo período do ano passado.  No Brasil inteiro, a queda foi de 9,8%, com destaques para situações dramáticas como de Pernambuco, com retração de 26%.

 

Nos últimos doze meses, Mato Grosso e Pará foram os únicos Estados onde a produção industrial avançou. Aqui houve um incremento de 3%, graças à carne processada e ao óleo de soja.  No Estado vizinho ficou em 4,4%. 

 

Apesar de casos isolados como Mato Grosso, a produção da indústria brasileira caiu de modo generalizado em fevereiro.

 

Naquele mês, 11 das 14 regiões pesquisadas pelo IBGE produziram menos em comparação a janeiro.

 

Principal parque fabril do país, São Paulo viu sua produção cair 2,1% na passagem de janeiro para fevereiro, ritmo abaixo da média do país (-2,5%).

Mesmo assim, foi o pior mês de fevereiro da indústria de São Paulo em toda a série histórica da pesquisa do IBGE, iniciada em 2002.

 

Conforme dados do IBGE os Estados com queda mais intensa entre janeiro e fevereiro foram Bahia (-7,9%) e Amazonas (-4,7%). O IBGE não divulgou dados de Mato Grosso para este parâmetro de comparação.

 

A produção no Estado da Bahia havia avançado em dezembro e janeiro, período em que acumulou uma lata de 8,5%. Parte dessa alta foi apagada.

Também tiveram forte queda na produção os Estados de Santa Catarina (-3,3%) e Ceará (-2,8%).

 

Na comparação a fevereiro de 2015, 12 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE registraram retração na produção.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia