Cuiabá, Domingo, 19 de Maio de 2019
RELAÇÕES COMERCIAIS
15.05.2019 | 22h30 Tamanho do texto A- A+

Na China, Tereza Cristina se reúne com empresários do setor de celulose

Empresários brasileiros também participaram do encontro.

Reprodução / Instagram)

do ISTO É

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, reuniu-se nesta quarta-feira, 15, em Pequim com empresários chineses do setor de florestas plantadas e celulose. Em nota, a Agricultura disse que os chineses pediram a uniformização dos certificados fitossanitários para o comércio dos produtos.

 

“Tereza Cristina sugeriu aos chineses, maiores importadores mundiais de celulose, que as conversas sobre o tema ocorram durante reunião do Brics (grupo formado por Brasil, Rússia, índia, China e África do Sul), que será realizada no Brasil, em novembro deste ano”, informou a pasta.

 

Empresários brasileiros também participaram do encontro. De acordo com a Agricultura, o diretor Jurídico e de Relações Institucionais da Suzano, Pablo Machado, disse que as exportações do setor chegam a US$ 12,5 bilhões e que, no ano passado, a China respondeu por 42,7% das vendas e, em 2017, 40%. “Gostaríamos de continuar e ampliar em longo prazo essas parcerias”, disse.

 

O diretor de Relações Institucionais da Ibá, José Carlos da Fonseca Junior, propôs, ainda conforme a pasta, que áreas degradadas no Brasil sejam usadas para florestas plantadas, o que renderia mais de US$ 6 bilhões de investimentos nos próximos anos. “O Brasil pode expandir as capacidades e suprir as necessidades crescentes da China”, disse.

 

Atualmente, o Brasil tem 10 milhões de hectares de árvores plantadas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que corresponde a 1% do território nacional, mas é responsável por 91% de toda a madeira para fins industriais.

Desse total, 5,8 milhões de hectares têm algum tipo de certificação florestal, com indicadores reconhecidos internacionalmente que garantem sustentabilidade dos produtos, conforme dados do ministério.

 

ChemChina

A ministra da Agricultura também esteve com o Frank Ning, CEO da ChemChina e da Sinochem, empresas chinesas que atuam nos setores de agroquímicos e energia.

Na reunião, segundo a Agricultura, Ning disse que com a disputa comercial entre os Estados Unidos e a China os chineses “cada vez mais terão de diversificar a busca por alimentos e comprar mais do Brasil”.

 

 

Fonte      https://istoe.com.br/na-china-tereza-cristina-se-reune-com-empresarios-do-setor-de-celulose-2/




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia