Cuiabá, Quinta-Feira, 25 de Abril de 2019
PRESO NA BR-070
12.04.2019 | 08h15 Tamanho do texto A- A+

Homem viola suspensão da CNH para transportar cocaína em MT

Suspeito contou à PRF que receberia pagamento para levar a droga de Cáceres para Cuiabá

PRF/Divulgação

Droga foi encontrada pela PRF escondida dentro do carro do suspeito

DA REDAÇÃO

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na tarde desta quinta-feira (11), cerca de 7,3 kg de substância análoga à cocaína durante fiscalização de rotina na BR-070 em Poconé (a 104 km de Cuiabá).

 

Além de suspeito de tráfico de drogas, o motorista foi detido por violar a suspensão da habilitação do direito de dirigir – crime previsto no CTB.

 

D.S.P, de 37 anos, dirigia o veículo Gol Special, com placas de Cuiabá, quando recebeu ordem de parada dos agentes. Solicitada a documentação, o motorista disse não estar portando a CNH. Em consulta aos sistemas PRF, verificou-se que ele estava descumprindo ordem judicial que suspende seu direito de dirigir.

 

Os policiais perceberam que o nervosismo apresentado pelo homem ia além dessa violação. Em vistoria minuciosa no veículo, foram encontrados, no interior do encosto do banco traseiro, sete tabletes de droga.

 

Ele recebeu voz de prisão e confessou aos policiais que, na quarta-feira (10), saiu de Cuiabá com destino a Cáceres (a 220 km de Cuiabá), onde deixou o carro no pátio de um posto de combustível, retornando para buscá-lo já carregado na manhã seguinte.

 

Ainda de acordo com o detido, ele receberia uma quantia em dinheiro para transportar o entorpecente até a Capital.

 

A droga, o veículo e o suspeito foram encaminhados para a Polícia Civil em Poconé.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia