Cuiabá, Quinta-Feira, 25 de Abril de 2019
TRÁFICO INTERNACIONAL
14.04.2019 | 00h30 Tamanho do texto A- A+

PF apreende meia tonelada de cocaína em operação em São Paulo

Vamos usar esse helicóptero contra o próprio trafico de drogas, como a lei permite", disse.

divulgação

da AG BRASIL

A Polícia Federal (PF) apreendeu no interior paulista aproximadamente meia tonelada de cocaína e um helicóptero avaliado em R$ 4 milhões, usado para transporte da droga, na operação Flying Low, deflagrada na manhã de hoje (13). Dois suspeitos foram presos, segundo informações da Polícia divulgadas no início da tarde.

 

Segundo a PF, a organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a levava para o estado de São Paulo. A aeronave não tinha autonomia para o percurso todo, então fazia uma parada para reabastecimento em um matagal ermo localizado na região de Presidente Prudente, onde os traficantes foram abordados pelos federais.

 

O objetivo da operação é combater a organização criminosa envolvida com tráfico ilícito de entorpecente, realizado por via aérea. As investigações duraram cerca de um ano.

 

Cerca de 25 policiais federias participaram do trabalho, contando com o apoio aéreo do Comando de Aviação Operacional (Caop) da PF e da Polícia Militar (PM). Também foram apreendidos veículos, arma e dinheiro em espécie.

 

No Twitter, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, comemorou o resultado da operação. "Vamos usar esse helicóptero contra o próprio trafico de drogas, como a lei permite", disse.

 

 

Fonte     http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2019-04/pf-apreende-meia-tonelada-de-cocaina-em-operacao-em-sao-paulo




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia