Cuiabá, Sexta-Feira, 19 de Abril de 2019
APÓS DENÚNCIA
11.02.2019 | 14h24 Tamanho do texto A- A+

PM prende quadrilha e frusta furto a banco em Tangará da Serra

Três suspeitos foram presos do lado de fora da agência bancária, que davam apoio aos comparsas

Montagem/MidiaNews

Suspeitos tentaram arrombar o cofre, mas não tiveram sucesso

DA REDAÇÃO

A Polícia Militar de Tangará da Serra frustrou uma tentativa de furto em uma agência bancária, na madrugada desta segunda-feira (11), no centro da cidade.

 

Foram presas sete pessoas, apreendido um menor de 17 anos e ainda vários materiais utilizados no furto.

 

Segundo informações do boletim de ocorrência, a ação foi motivada por denúncia de que a agência estaria sendo invadida por criminosos. Chegando no local, os policiais identificaram três suspeitos dando apoio do lado de fora.

 

Em abordagem, P. S. O., 28, J. D. A., 25, e I. P.S., 25, confessaram que faziam parte da quadrilha e estavam ali para passar informações aos demais integrantes que já estavam no interior do banco realizando o arrombamento.

 

Os policiais tiveram que arrombar a porta da frente da agência para conseguir entrar e, já na entrada, foi possível identificar a tentativa rompimento do cofre, mas sem sucesso, sendo que os demais suspeitos conseguiram fugir.

 

Em depoimento, os suspeitos que já estavam presos disseram que tinham alugado uma casa no bairro Jardim dos Ypes. No local foram presos E. G. D., 22, J. D. A. F., 56, J. T. N., 21, C. A. O. N., 18; e o menor F. S.  S. M., 17. Foram apreendidos na agência duas serras circulares, um disco de corte, quatro caixas de disco de corte, 11 celulares, um alicate, três luvas, duas alavancas, um rádio comunicador, uma furadeira e um Fiat Uno.

 

Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados à delegacia para as devidas providências.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia