Cuiabá, Domingo, 26 de Maio de 2019
PANCADARIA
15.03.2019 | 16h40 Tamanho do texto A- A+

Vídeo mostra briga generalizada perto de boate na Isaac Póvoas

Confusão teria acontecido na madrugada desta sexta; não há registro do caso na Polícia

Reprodução

Vídeo mostra momento que pancadaria aconteceu

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

Um vídeo que circulou nas redes sociais mostra uma briga generalizada na Avenida Isaac Póvoas, região central de Cuiabá. A confusão aconteceu nas proximidades da Boate Valley Pub.

 

A confusão teria acontecido na madrugada desta sexta-feira (15), mas a Polícia Civil informou à reportagem que nenhum boletim de ocorrência sobre o fato foi registrado. A motivação da confusão ainda é desconhecida.

 

A filmagem foi feita por uma pessoa não identificada, que está do outro lado da avenida. Nela é possível ver quando pelo menos seis homens saem de frente da casa noturna e começam a brigar.

 

Um deles cai no chão após ser agredido. Logo em seguida mais homens se aglomeram e começam a se esmurrar e se chutar, até que um rapaz usando calça jeans aparece e chuta o rapaz que está caído. Depois ele grita que é policial federal e ordena que a confusão seja encerrada.

 

“Sou da PF, sai, sai fora! Acabou a briga aqui”, diz ele, empunhando um objeto não identificado. Pelas imagens, não é possível saber se se trata de uma arma ou distintivo.

 

Em seguida, todos correm pela avenida se distanciando da boate, inclusive o suposto policial, dando a entender que a confusão continua.

 

Veja o vídeo:

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Danilo  15.03.19 18h01
Belo exemplo deste sujeito que se diz ser da PF, estar metido na confusão, e por cima chutando uma pessoa caída no chão. Caso seja mesmo, deveria ser investigado sua conduta e tomar medidas punitivas
127
8