Cuiabá, Domingo, 19 de Maio de 2019
ELEIÇÃO EM VG
14.05.2019 | 17h19 Tamanho do texto A- A+

DEM desiste de consultar TSE sobre reeleição e mira Botelho

Júlio Campos diz que presidente da AL precisa mudar domicílio eleitoral até outubro se optar por disputa

Alair Ribeiro/MidiaNews

O ex-governador Júlio Campos, que quer Botelho disputando Prefeitura de Várzea Grande

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

O ex-governador Júlio Campos afirmou que o DEM desistiu de fazer uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a possibilidade de candidatura à reeleição da prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos.

 

A tese inicial era de que Lucimar poderia ter a possibilidade de concorrer de novo, uma vez que seu primeiro mandato foi apenas para concluir o do ex-prefeito Wallace Guimarães, que foi cassado em 2015.

 

“Nossa assessoria jurídica chegou a preparar uma consulta baseada em uma decisão que beneficiou Geraldo Alckmin em 2002, mas isso já foi anulado pelo TSE. Então, não adianta uma nova consulta. Vamos preparar nossos candidatos. O partido é muito rico, tem quadros bons e estamos analisando. Um deles será escolhido”, disse.

 

Segundo Campos, a sigla está focada em buscar um novo nome para a disputa e o mais cotado é o presidente licenciado da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho.

 

O ideal seria se o Eduardo Botelho aceitasse a missão de vir disputar a prefeitura de Várzea Grande

“O ideal seria se o Eduardo Botelho aceitasse a missão de vir disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Seu ele aceitasse disputar aqui, seu nome seria um consenso no nosso grupo”, afirmou.

 

Júlio, que é um dos membros da diretoria do DEM em Mato Grosso, afirmou que o deputado ainda está analisando essa possibilidade. Caso tenha interesse, ele precisaria mudar seu domicílio eleitoral de Cuiabá para Várzea Grande até outubro deste ano.

 

“O deputado Botelho está pensando, analisando isso na sua licença. Após seu retorno, vamos conversar. Como a eleição é só ano que vem, tem ainda um bom tempo para criar novas expectativas, novas figuras, caso ele não aceite essa missão”, disse.

 

“O governador Mauro Mendes pediu que evitasse qualquer movimentação de escolha de candidatos, deixando isso para 2020. Então, no início de 2020, aí sim o DEM estará preparado, com os diretórios municipais organizados, e poderemos escolher os nomes para convenção”, completou.

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Fernando  15.05.19 09h37
Governador Julio, Tem que escolher quem mora aqui, não podemos importar candidato de outra cidade, veja o caso do Nereu e do ex prefeito Murilo, so deu ruim pra Vg.
9
1