Cuiabá, Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019
REPUTAÇÃO ILIBADA
05.02.2019 | 08h26 Tamanho do texto A- A+

"Escolha do novo conselheiro do TCE será transparente e criteriosa"

Presidente da Assembleia, Eduardo Botelho diz que candidatos terão que ser indicados por deputados

Alair Ribeiro/MidiaNews

O presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho: processo criterioso

CÍNTIA BORGES
DA REDAÇÃO

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), afirmou que o processo de escolha no novo conselheiro do TCE-MT será "extremamente criterioso".

 

A vaga que pertencia a Humberto Bosaipo, que renunciou ao cargo em 2014, estava travada desde dezembro daquele ano, por decisão do Supremo Tribunal Federal. 

 

Nesta segunda-feira (5), conforme noticiou o MidiaNews em primeira mão, o ministro Edson Fachin revogou a cautelar e a vaga foi liberada.

 

"Não vamos fazer nada na correria, como era feito antes. Será um processo transparente e criterioso", afirmou Botelho.

 

Segundo ele, um projeto de Resolução definirá os termos para as indicações e análises dos candidatos, que precisam ter reputação ilibada e notório saber jurídico.

 

"Essa Resolução definirá, por exemplo, que o candidato terá que ser indicado por um deputado estadual. A Comissão de Constituição e Justiça também analisará o perfil dos candidatos. Além disso, as entidades de classe do TCE terão participação no processo, como servidores e auditores", disse Botelho.

 

Ele adiantou também que, após as indicações, os candidatos terão a oportunidade de se apresentares ao Colégio de Líderes da Assembleia, para avaliação dos deputados.

 

A expectativa é que o projeto de Resolução seja apreciado na próxima semana pelo Plenário da Assembleia.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

STF suspende cautelar e vaga de Bosaipo é liberada para a AL

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
6 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Antônio CPA   06.02.19 11h48
Mauro zaque... Neles
2
1
PACHECO  06.02.19 07h15
PACHECO, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Paulo Brasil  05.02.19 21h52
Paulo Brasil, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Souza  05.02.19 13h47
Quem será o politico a ocupar essa vaga. Vamos aguardar pra ver.
9
4
Erivaldo  05.02.19 13h45
Erivaldo, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas