Cuiabá, Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019
CUIABÁ 2020
21.04.2019 | 10h23 Tamanho do texto A- A+

Ex-reitora se coloca à disposição do PCdoB para disputar Prefeitura

“Primeiro temos que ver a viabilidade dessa candidatura", disse Maria Lúcia

Alair Ribeiro/MidiaNews

A ex-reitora da UFMT Maria Lúcia, que pode disputar prefeitura de Cuiabá

VINICIUS BRUNO
DO RDNEWS

Depois de uma disputa ao Senado Federal na qual recebeu 172.259 votos nas eleições 2018, a professora e ex-reitora da UFMT, Maria Lucia Cavalli Neder (PCdoB) diz estar à disposição do partido para disputar a chefia do Poder Executivo de Cuiabá, em 2020. Apesar de se colocar como uma opção, a professora pondera que muitas  variáveis devem ser levadas em consideração para decidir se realmente a ideia possa virar um projeto.

 

“Primeiro temos que ver a viabilidade dessa candidatura. Essa é uma agenda que vamos construir com outros partidos progressistas. No PCdoB ainda não começamos a articulação em torno das eleições 2020. Essa pauta deve começar a ser pautada nas próximas reuniões, por outro lado, temos a convicção de que vamos continuar com nossas bandeiras em defesa dos mais pobres e necessitados”, defende.

 

A professora diz ainda que não possui “nenhuma vaidade” em relação à disputa pela Prefeitura de Cuiabá, só pelo fato de ter tido uma votação expressiva para o Senado.

 

Ainda na perspectiva de disputas eleitorais, Maria Lúcia julga ser incipiente a discussão em torno da eventual vacância da vaga no Senado, hoje ocupada pela juíza aposentada Selma Arruda (PSL), em razão da cassação de seu mandato na última semana pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso.

 

“Esse tema ainda não está definido. Não dá para falar agora sobre uma eventual eleição suplementar. Uma nova candidatura ao Senado depende de muitos fatores e sequer estamos falando sobre isso no partido”, explica a professora.

 

Eleições 2020

 

A um ano e meio para as eleições municipais, a maioria dos partidos já começaram as articulações em torno da disputa eleitoral. Na principal cidade do Estado a disputa nos bastidores já está inflamada.

 

Em Cuiabá, alguns nomes já se manifestam como pretensos candidatos à chefia do Poder Executivo municipal, entre os quais a advogada e superintende do Procon estadual, Gisela Simona (PROS), que ficou suplente de deputada federal e recebeu expressiva votação nas eleições 2018, quando recebeu 50.682 votos.

 

Também já se colocam à disposição de seus partidos a deputada estadual Janaina Riva e o deputado federal Valtenir Pereira, no MDB. No PSD de Carlos Fávaro, estão em evidência os nomes do vice-prefeito Niuan Ribeiro, do vereador Toninho de Souza, do grão-mestre da Maçonaria, Geraldo Macedo e ex-comandante da Polícia Militar do Estado, Coronel Jorge Luiz.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia