Cuiabá, Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019
ATO DOENTIO
20.04.2017 | 09h13 Tamanho do texto A- A+

Ong vai denunciar jovem que gravou vídeo estuprando cadela em Cuiabá

A postagem gerou revolta nos internautas e um boletim de ocorrência será registrado

Reprodução

Jovem postou o vídeo nas redes sociais e gerou revolta

VINICIUS MENDES
DA REDAÇÃO

A ong Organização de Proteção Animal de Mato Grosso (Opa) vai registrar nesta quinta-feira (20) um boletim de ocorrência contra o jovem E. F. P., que divulgou nas redes sociais um vídeo em que faz sexo com uma cadela.

 

O vídeo foi compartilhado na última quarta-feira (19) e gerou revolta nos internautas.

 

A Opa vai registrar um boletim de ocorrência na Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), nesta quinta-feira (20) às 13h, horário em que a delegacia abre.

 

A voluntária da Opa, Michelle Scopel, disse que foi marcada na postagem na tarde de ontem e ficou indignada.

 

“Eu fui marcada numa postagem e vi. Aí eu comecei a compartilhar, para as pessoas saberem que ele é, porque isto não pode passar impune. Fiquei indignada”, disse Michelle.

 

No vídeo, o jovem mostra o rosto no momento em que comete o crime. Após repercussão negativa, ele deletou seus perfis nas redes sociais.

 

A ong, no entanto, já conseguiu reunir informações sobre o jovem, que é estudante em uma faculdade particular em Cuiabá.

 

“A gente já tem nome completo, CPF, tem tudo. Estamos conseguindo o endereço dele. Pessoas que o conhecem vão passar o endereço”, disse a voluntária.

 

Segundo Michelle, acredita-se que o jovem também tenha cometido o mesmo ato em seus outros animais.

 

“Ele tem outros animais. Antes de excluir o perfil, a gente viu várias fotos de outros animais, mais de seis. Isso não dá para aceitar”, afirma Michelle.

 

A ong suspeita da existência de um grupo de zoofilia que produz e compartilha este tipo de material. Eles também acreditam que esta não é a primeira vez que o jovem faz isso.

 

“Ele fala que o vídeo é para os amigos que ainda não viram. Então eu creio que haja um grupo de zoofilia. Para ele ter falado dessa forma, é porque está postando em algum grupo. Ele fala também: ‘Ela aguenta, ela sempre aguenta tudo’. Então quer dizer que faz isso sempre” explicou a voluntária.

 

O jovem pode ser enquadrado na Lei Lei 9.605/98, pelos crimes de maus tratos e zoofilia e a pena pode chegar de 1 a 3 anos.

 

A ong garante que vai acompanhar o caso para garantir a punição.

 

“Não vamos ficar quietos, a gente não vai fazer só o boletim de ocorrência, ir embora e esperar. A gente quer que ele pague, mas vamos pressionando para que seja feito algo rápido, que tire os animais dele”, conta Michelle.

 

O vídeo ainda está sendo compartilhado.

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia